quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Dia dos Pais: lojistas da capital esperam aumento de 5% nas vendas

Dia dos Pais: lojistas da capital esperam aumento de 5% nas vendas
Os lojistas de João Pessoa estão otimistas sobre o aumento das vendas para este fim de semana quando se comemora, no próximo domingo (dia 12), o Dia dos Pais. Eles preveem um aumento de 5% nas vendas, principalmente nos setores de vestuário, celulares, eletroeletrônicos, televisores, relógios e perfumes. Na Paraíba, segundo pesquisa da Federação do Comércio, 51% dos filhos mostraram interesse em presentear os pais.

De acordo com os comerciantes, o Dia dos Pais é a quinta melhor data de faturamento do varejo no ano, ficando atrás do Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia das Crianças. Segundo o gerente de vendas de uma das grandes lojas do centro da capital, Fernando dos Santos, o Dia dos Pais também é uma data de boas vendas para o comércio. "Estamos apostando nas promoções e formas de pagamento que cabem no bolso do consumidor. Afinal, os preços dos produtos são praticamente os mesmos do ano passado", garantiu o gerente. 

Ele disse ainda que as vendas devem aumentar a partir de amanhã até domingo. Alessandra Costa trabalha como gerente em uma loja de roupas e também disse estar otimista em relação ao período. “Em comparação com o mesmo período do ano passado, a expectativa é muito boa. Esperamos aumentar as vendas em 15%. Até domingo as vendas devem bombar", prevê a gerente.

Procon
O aumento do consumo nessas datas comemorativas, tanto em lojas físicas, quanto em virtuais, é um fato, e o consumidor deve atentar para questões básicas como procurar o presente com a escolha do produto definida. O secretário do Procon-JP, Helton Renê, avalia que quem ainda não comprou o presente, deve fazê-lo o mais rápido possível e não deixar para a véspera, porque a chance de ‘errar’ aumenta. “Realizar compras às pressas não é uma boa ideia. Se deixou para a última semana, o melhor é fazer logo”.

Helton Renê chama a atenção para o consumidor não agir por impulso, “além de considerar o que o pai gostaria de ganhar ou, ainda, o que ele está necessitando. Também precisa ficar atento sobre a preferência do presenteado, a exemplo de cor, tamanho e estilo”.

Pbagpra


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

MUSEU VIRTUAL DA NAÇÃO

MUSEU VIRTUAL DA NAÇÃO
FREI CIRILO, ZEZO COUTINHO E BIBI MARACAJÁ

Editorial