quinta-feira, 5 de julho de 2018

Ex-agente penitenciário é executado a tiros em João Pessoa


A polícia trabalha com a hipótese de "acerto de contas" para explicar o assassinato do ex-agente penitenciário Alessandro Cardoso, 27anos.
De acordo com a polícia, na tarde desta quarta-feira (4), ele estava conversando com um pedreiro que está construindo uma casa quando chegaram dois homens de moto.
O desconhecido, que estava de carona, desceu do veículo, mandou o pedreiro se afastar e logo em seguida passou a atirar no ex-agente penitenciário que foi alvejado com vários disparos, principalmente na cabeça, e morreu no local.
Devido a função que exerceu, a polícia não descarta a possibilidade do crime ter sido um "acerto de contas". 

Paulo Cosme\Repórter Águia


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial