quarta-feira, 6 de junho de 2018

Tião Gomes diz que assina CPI da Granja Santana se incluir governos de Cássio e Maranhão; ouça

A instalação da possível Comissão Parlamentar de Inquérito ( CPI) na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) destinada a averiguar os gastos excessivos na Granja Santana, residência oficial do governador Ricardo Coutinho, foi alvo de críticas por parte do deputado estadual Tião Gomes (Avante), na tarde desta quarta-feira (6).
Tião Gomes revelou que procurou o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), responsável pela coleta de assinaturas para dar entrada no pedido da CPI, e ressaltou que seria favorável a abertura da Comissão, caso investigasse governos anteriores ao de Ricardo Coutinho.
“Fiz uma propositura a ele: gostaria de assinar a CPI, mas tem que ser abrangente. Deveria começar pelo governo de Cássio Cunha Lima, passar por José Maranhão e chegar a Ricardo Coutinho. O que Ricardo gastou em um ano, Cássio e Maranhão gastavam em seis meses, ou menos”, falou o deputado.
O parlamentar chamou de hipocrisia, a possível criação da CPI na ALPB. “É hipocrisia e mediocridade da oposição em querer atacar um governo que está trabalhando tanto, através de coisas que não são importantes no contexto geral. Eu não posso aceitar nesse momento essa discussão ao que gasta na granja. É a residência do governador, além do mais todo mundo sabe da mãe de vaca que é Ricardo. Ele economiza em tudo”, falou Postado Por FERNANDO  COUTINHO  NAÇÃORURALISTA.COM.BR


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial