domingo, 3 de junho de 2018

Serviços da Secretaria de Saúde voltam a funcionar normalmente nesta segunda

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulga a regularização dos horários de funcionamento aos usuários nas Unidades de Saúde da Família (USF), que haviam sido alterados devido a paralisação dos caminhoneiros, que ocasionou numa crise de combustíveis que atingiu todo o país.

A partir da próxima segunda-feira (4) as Unidades de Saúde da família voltam a funcionar no horário de 7h às 11h e 12h às 16h, assim como o Centro Municipal de Imunização (CMI) que também teve o horário reduzido e seguirá atendendo os usuários das 8h às 16h, disponibilizando todas as vacinas contempladas pelo Ministério da Saúde.

"A redução dos horários foi apenas para o período de quatro dias, excepcionalmente, no período ao qual afetou o país pela crise de desabastecimento de combustível, prejudicando também a locomoção de usuários e funcionários aos serviços", esclareceu o secretário de saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio.  "Já a rede hospitalar não teve horários alterados e segue o fluxo de assistência aos usuários", completou.

Atenção Básica – A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Saúde, presta por meio das Unidades de Saúde da Família uma assistência integral à população. Ao todo, são 199 Equipes de Saúde da Família, distribuídas em 100 prédios, realizando mais de 200 mil atendimentos por mês.

Nas USFs, são oferecidos serviços básicos para o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) como atendimento médico, de enfermagem, odontológico, vacinação, curativo, verificação de pressão arterial e glicemia, realização de testes rápidos, exame citológico, atividades do programa de Saúde na Escola, entre outros.

Para prestar esses atendimentos, as USFs contam com as Equipes de Saúde da Família (ESF), onde cada equipe tem cerca de 2.000 a 3.500 pessoas cadastradas no território. Essas ESFs são compostas, em uma equipe mínima, por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, odontólogos, auxiliar de saúde bucal e agentes comunitários de saúde, além das equipes de apoio com os agentes administrativos que são recepcionistas, auxiliares de Farmácia e auxiliar de serviços gerais. Cerca de 3.500 profissionais atuam na rede de atenção básica.

Gerente Saúde – Implantado desde maio em toda a rede de 199 equipes, distribuídas em 100 Unidades de Saúde da Família (USF), o programa estabelece uma série de medidas para aumentar a eficiência nos postos de saúde, gerando mais qualidade nos serviços oferecidos pela rede, o que já vem sendo constatado através do Monitoramento do Índice de Satisfação dos Usuários.
Secom-JP 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial