terça-feira, 5 de junho de 2018

Quatro pessoas são presas suspeitas de fraudar vestibular no Sertão do Estado

Quatro pessoas foram presas  na manhã desta segunda-feira (4) suspeitas de fraudar vestibular para uma Faculdade de Medicina na cidade de Cajazeiras no Alto Sertão do Estado.
De com a Polícia Civil, as pessoas tinha à instituição fazer a matrícula quando tomaram conhecimento que as provas teriam sido feitas por terceiros no lugar delas.
Ainda segundo a polícia, as investigações continuam e não está descartada novas prisões.
A delegada responsável pelo caso, Ivna Cordeiro, explicou que um dos suspeitos é de São Paulo e confessou ter pago cerca de R$ 120 mil para que outra pessoa fizesse a prova em seu lugar.
“Ele contou que uma pessoa teria proposto a ele pagar R$ 120 mil para que não prestasse o vestibular. Foi o que aconteceu. Não veio nem fazer a prova”, destacou.
A fraude foi descoberta durante a matricula porque os documentos de identificação apresentados pelos suspeitos não correspondiam com os documentos das pessoas que realizaram as provas no último dia 27 de maio. A faculdade então acionou a polícia.
“Hoje as pessoas aprovadas no vestibular foram fazer a matricula. No ato da matrícula, quando foi feito o comparativo da identidade das pessoas que fizeram a prova, os documentos eram distintos dos que requeriam a matrícula. O setor jurídico ligou para a Polícia Civil e nós os conduzimos à delegacia para fazer os flagrantes”,  afirmou a delegada.
Ivna Cordeiro disse ainda que a faculdade  cedeu todos os documentos que comprovam que a fraude “é muito clara”. Os suspeitos passarão por audiência de custódia e depois poderão ser encaminhados para um presídio. A pena pode chegar a cinco anos de prisão.

Wallison Bezerra


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial