quarta-feira, 27 de junho de 2018

Procurador Eleitoral revela preocupação com fake news na PB: 'Pode desequilibrar o pleito'


O Procurador Regional Eleitoral, Victor Carvalho Veggi, revelou preocupação com fake news nas eleições deste ano na Paraíba. De acordo com ele, a disseminação de notícias falsas pode desequilibrar o próximo pleito eleitoral. O procurador ainda alertou a população sobre os riscos de propagar notícias inverídicas.
“Fake news, como forma de desconstrução da informação, é um tema que está na pauta e tem preocupado o cenário eleitoral de 2018 porque os boatos, notícias falsas, podem ser potencializadas por meio de perfis falsos. Isso pode influenciar negativamente no pleito e criar um desequilíbrio”, disse.
Segundo ele, quem for flagrado propagando matérias inverídicas pode ser multado pela Justiça Eleitoral.
“Aquela pessoa que replica uma notícia falsa assume um risco. É preciso chamar a responsabilidade para checar as informações e saber se elas têm procedência ou não. O ato de propagar uma informação inverídica, que tem potencial de atingir a imagem, além de crime, pode configurar uma multa”, explicou.
Victor Veggi afirmou ainda que a maioria das representações que chegaram ao Ministério Público Federal até o momento diz respeito a supostas campanhas antecipadas.
“Nesse período recebemos muitas denúncias de supostas campanhas antecipadas. A gente recebe muita representação nesse sentido e a gente analisa uma por uma para saber se de fato ela se enquadra ou não nesse conceito de propaganda antecipada ilícita”, finalizou.

 paraiba.com.br 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial