segunda-feira, 14 de maio de 2018

Romero decreta luto de três dias em Campina Grande: 'perplexo'

O prefeito Romero Rodrigues emitiu Nota Oficial, na manhã deste domingo, lamentando profundamente a morte prematura do deputado federal Rômulo Gouveia (PSD), que foi internado no Hospital Antônio Targino, após passar mal e sofrer um infarto fulminante aos 53 anos de idade. "Ainda perplexo com o fato, registro que Rômulo, mais do que tudo, foi um amigo muito querido, com quem aprendi muito e que nunca me faltou, em todos os bons e maus momentos que compartilhamos", ressaltou Romero, que anunciou também decreto de luto oficial de três dias em Campina Grande.
De acordo com o prefeito campinense, Rômulo Gouveia sempre exerceu mandatos com uma dedicação acima da média. Foi presidente da Câmara de Vereadores de Campina Grande, presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba e vice-governador, além de uma série de outros importantes cargos públicos ao longo de quase 30 anos de vida pública, com o mesmo grau de compromisso, atenção e sensibilidade com os mais necessitados.

Romero Rodrigues destaca, sobretudo, a postura parceira de Rômulo Gouveia em relação às demandas de Campina Grande, particularmente no tocante às duas últimas gestões na Prefeitura de Campina Grande. "Como prefeito, sempre serei grato a Rômulo por seu trabalho incansável, sua energia inesgotável em favor do Município em meu governo pois, graças a ele, muitas conquistas administrativas tornaram-se realidades permanentes", destacou.
O prefeito campinense também estendeu palavras de conforto e solidariedade à família de Rômulo, aos pais dele - José Antônio e Berenice Gouveia -, irmãos e, muito particularmente à deputada Eva Gouveia, esposa do ex-deputado federal e ex- secretária de Ação Social:  "Que Deus, que certamente reserva um lugar especial para o amigo na Glória, possa confortar seus familiares, neste momento tão dramático para todos nós que também nos sentíamos parte da família de Rômulo".
Assessoria 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial