terça-feira, 15 de maio de 2018

Hospital Arlinda Marques promove atividades para comemorar o Dia das Mães

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede hospitalar do Estado realizou na tarde desta segunda-feira (14) várias atividades recreativas e lúdicas para comemorar o Dia das Mães. A programação foi elaborada pelo Grupo de Trabalho Humanizado (GTH) e Brinquedoteca.  A festa foi animada pelos Grupos ‘Sorriso Aberto’ e ‘Anjos que Alegram’ com a participação dos residentes do Hospital Universitário Lauro Wanderley (Remuche).
As mães e acompanhantes das crianças internas tiveram direito lanches e participaram de sorteio e distribuição de brindes e lembrancinhas. Essa festa faz parte de um calendário de atividades que são realizadas em períodos festivos do ano a exemplo da Páscoa, São João, Dia da Criança e Natal e é mais uma ação de humanização que o hospital oferece às crianças e seus familiares.
"Para mim foi uma surpresa muito boa e eu jamais imaginava e esperava que fossem lembrar da gente aqui dentro", comentou a costureira Maria das Graças de Aquino, que está acompanhando o filho e elogiou a atitude do hospital. A secretária Rosa Maria dos Santos, que está com o filho interno a espera de uma cirurgia, afirmou que já passou por outras unidades de saúde nunca tinha recebido uma homenagem como esta. " Fiquei muito feliz e gratificada e o hospital está de parabéns por esta iniciativa", comentou.
Para os que compõem a administração do Arlinda é muito bom e importante a realização de eventos como estes que servem para elevar a autoestima das crianças proporcionando momentos de alegria e descontração e fazendo assim com que elas esqueçam um pouco a tristeza por estarem enfermas e precisando de assistência.
Sobre os Grupos - O “Sorriso Aberto”, um ministério da Fundação Cidade Viva que anuncia o evangelho para crianças e adultos nos hospitais, semanalmente visitados, através da literatura, música, teatro, dança e cultura. Através de um evangelismo lúdico e criativo, o Sorriso Aberto tem alcançado crianças e familiares em diversas situações, de acordo com o seu contexto, como hospitais, escolas, instituições de acolhimento, levando a alegria do Senhor a vários corações.
-MAE2
“Anjos Que Alegram”- No final de 2016, a fundadora/coordenadora do grupo Viviane Karla foi diagnosticada com um câncer no sistema linfático. Ela fez o tratamento e recebeu a cura em abril de 2017 e  foi aí que nasceu o desejo do trabalho voluntário. O grupo foi fundado dia 18/07/2017, e o primeiro passo foi a criação de um grupo no WhatsApp entre amigos e familiares. A partir daí, ela  lançou a ideia do trabalho e teve o apoio de muitos que estão até hoje nessa caminhada. “No primeiro momento o foco era apenas o hospital Napoleão Laureano, mas fomos agraciados por Deus com o Arlinda Marques, que hoje se encontra dentro dos nossos objetivos”, explicou.


Paraiba.com.br


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial