quarta-feira, 16 de maio de 2018

Amadeu afirma que continua na FPF e nega acusações: 'Forças externas querem prejudicar o futebol paraibano'

O presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues,  afirmou na tarde desta segunda-feira (14) que vai continuar a frente da Associação Paraibana de Futebol (FPF) porque ainda não foi notificado da decisão pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
Amadeu Rodrigues afirmou que "forças externas", estão querendo, com a prática de extorsões, , falsidades e outros atos ilícitos, prejudicar a evolução do futebol paraibano que vem crescendo nitidamente anualmente ou até mesmo querendo sua renúncia como presidente da FPF e querendo tirá-lo a força da presidente da entidade.
" Mas eu não vou fazer isso porque fui eleito para representar os interesses dos filiados e sempre vou agir para ajudar o futebol da Paraíba a se desenvolver. Mas por causa disso, estou sendo atacado de maneira infundada e sem direito e a me defender", destacou.
Amadeu Rodrigues afirmou que nunca foi orientado pelo setor Jurídico da FPF a mudar qualquer súmula e que sempre compareceu a todos os chamamentos da polícia para dar explicações sobre as denúncias. "Todas as contas da Federação foram publicadas e aprovadas pela CBF e quem errou que pague pois nós temos a serenidade de afirmar que não tomamos nenhuma atitude para prejudicar a entidade ou pessoas", finalizou.

Paraiba.com.b



← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial