quarta-feira, 11 de abril de 2018

Prima de Leto Viana vai cumprir pena em casa

O desembargador João Benedito da Silva concedeu, nesta quarta-feira (11), prisão domiciliar para Leila Viana, prima do prefeito afastado de Cabedelo, Leto Viana, e ex-secretária de finanças do Município. A decisão foi confirmada pelo Portal Correio com o gabinete do desembargador.
Leia também:
A decisão, porém, só será divulgada no Diário Justiça Eletrônico nesta quinta-feira (12). Até lá, ela permanece na 6ª Companhia da Polícia Militar, em Cabedelo.
Segundo o advogado dela, Iarley Maia, a decisão da Justiça é porque Leila tem uma filha de seis anos e o Código de Processo Penal permite que mães de crianças com até 12 anos cumpram a pena em casa.
Leila foi presa com mais 10 pessoas, durante a Operação Xeque-Mate, deflagrada pela Polícia Federal, que investigou desvios de recursos em Cabedelo.
Entre as pessoas presas, estão o prefeito da cidade, Leto Viana, a primeira-dama e vereadora Jacqueline Monteiro e praticamente metade dos vereadores da Câmara Municipal. Além das prisões, outras 85 pessoas foram afastadas das funções, entre elas o vice-prefeito da cidade.
Em votação com os vereadores não investigados na Câmara, foi decidido que Vitor Hugo assumisse a Casa e a gestão do Município de forma interina. Amigo de Leto Viana, ele negou que recebesse influência do prefeito preso. Hugo foi flagrado recebendo envelopes suspeitos na Câmara, mas negou que fosse alguma irregularidade e explicou que se tratava do salário do mês.
*Com informações de Adriana Rodrigues, do Jornal Correio da Paraíba
POSTADO POR FERNANDO COUTINHO - NAÇÃORURALISTA.COMBR


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial