Barcelona enfrenta o Celta nesta terça-feira, com transmissão, ao vivo, da ESPN Brasil e do WatchESPN, às 15h45 (de Brasília), podendo dar mais um passo rumo ao título espanhol. Sem perder até aqui, o time pode ser campeão invicto pela primeira vez, mas a torcida não parece empolgada. 
Desde a temporada 2007/08, a última de Ronaldinho Gaúcho no clube, o Barcelona não sabe o que é ter média inferior a 70 mil torcedores em LaLiga. Em 2017/18, porém, a marca da equipe é de 68.891 fãs por partida como mandante, mais de 30 mil abaixo da capacidade máxima do Camp Nou.
Nas últimas três edições do Espanhol, por exemplo, o Barcelona ficou muito perto de média de quase 80 mil presentes por rodada em casa, com 77.632 em 2014/15, 78.881 em 15/16 e 77.461 em 16/17. Da última temporada para a atual, é queda no público é de 11%, mais de 8,5 mil fãs a menos.
Essa redução, inclusive, pode fazer com que o Real Madrid consiga algo que não acontece desde 2008/09 em LaLiga: terminar com média de público superior ao do maior rival. Naquela temporada, a equipe de Madri recebeu 71.253 torcedores por partida, enquanto o Barcelona, 70.491.
Foi um ano antes disso, há exatas dez temporadas, que o clube catalão teve seu último registro de menos de 70 mil torcedores por jogo. Em 2007/08, a média foi de 68.524 fãs no Camp Nou.
Em 2017/18, o melhor público do Barcelona em casa foi na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético de Madri no último mês de março, quando pouco mais de 90 torcedores foram ao estádio.
Já o pior registro em partidas com público – o jogo contra o Las Palmas, em outubro de 2017, aconteceu com portões fechados – foi 53.607 torcedores, em goleada de 4 a 0 sobre o Deportivo La Coruña no último mês de dezembro.
Para melhorar a média, o Barcelona ainda terá três compromissos no Camp Nou, o próximo deles com alta expectativa de público, contra o Real Madrid. Depois, ainda encara Villarreal e Real Sociedad.
Após 32 rodada, o Barcelona é líder do Espanhol com 82 pontos, 11 a mais que o segundo colocado, Atlético de Madri. Já o Real tem 67, já a 15 de distância. O Celta, rival desta terça, ocupa apenas a nona colocação, com 43 pontos.