sexta-feira, 13 de abril de 2018

Após título, Leston Júnior exalta clima harmonioso dentro do Botafogo-PB


Foto: Pedro Alves / GloboEsporte.com
O clima leve no Botafogo-PB retrata o cenário de um time bicampeão estadual. Para alcançar tal feito, o 29º do clube, a diretoria botafoguense resolveu começar o planejamento para a atual temporada, do zero. As novidades partiram da chegada do diretor executivo, Francisco Salles, até Warley, que se aposentou como atleta e se tornou gerente de futebol. Depois disso, veio a chegada do treinador Leston Júnior.
Só após a chegada do técnico que diretoria e comissão começaram a traçar a busca pelos atletas que fariam parte do novo começo que o time da estrela vermelha aspirava para 2018. Dentro das perspectivas traçadas para o primeiro semestre, deu certo.
É o que disse o Leston Júnior, que enalteceu mais uma conquista do Belo, sua primeira no comando da equipe paraibana, e seu primeiro título como treinador. O  técnico elogiou o ambiente construído durante os seis meses em que está a frente do time, e se manifestou em defesa do trabalho dos seus atletas e do departamento de futebol do clube.
– Muita felicidade pela conquista para coroar o semestre. Dividimos o ano em dois. Primeiro semestre, com campeonato estadual, primeira fase da Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Todos os objetivos foram alcançados. O time se manteve em alto nível em todas as competições, mesmo ouvindo injustiças, falando em queda de rendimento. Noto uma má vontade muito grande com o Botafogo-PB nesse sentido, porque não conseguem enxergar que o trabalho é consistente. É um clube onde o ambiente é harmonioso no dia dia. O sentimento é muito grande, e de muita felicidade – disse.
Na final do último domingo (09), quando Botafogo-PB e Campinense desceram para o intervalo com o placar em 0 a 0, o título se encaminhava para a Raposa. O Belo precisava vencer para ficar com a taça. No segundo tempo, Nando e Lula traduziram em gol a serenidade que o comandante pediu no vestiário, que ele garante ser uma das filosofias aplicadas desde que assumiu o comando do time.
– Manter a tranquilidade é a pauta do nosso trabalho. Vai ser sempre assim. Manter a concentração naquilo que a gente tem poder e controle. O controle que a gente tinha era de voltar para o segundo tempo mantendo o ímpeto do primeiro, e tendo um pouco mais de tranquilidade no último terço do campo, para que a gente encaixasse o melhor passe ou cruzamento, finalizando em gol a oportunidade que criasse – explicou.
De agora em diante, a meta botafoguense é correr em busca do maior sonho desde que voltou a disputar a Série C, em 2014, que é o acesso à segunda divisão. Visando esse degrau a mais na história do clube, o Belo já começou o planejamento para a competição nacional. Os zagueiros Adalberto e Júnior Lopes se apresentaram na tarde de ontem, e são os primeiros reforços. Algumas rescisões também aconteceram. O goleiro João Manuel, o zagueiro André Santos e os atacantes Thiaguinho, Marllon e Rafael Castro puxaram a barca de dispensas da equipe.
A estreia do Botafogo-PB será no próximo domingo (15), às 16h, contra o Salgueiro-PE, no estádio Cornélio de Barros.

Voz da Torcida 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial