sexta-feira, 16 de março de 2018

"Vai gerar confusão", diz Maia na PB ao driblar debate sobre aliança local

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do DEM, preferi não entrar no tema alianças partidárias, quando o assunto é o Estado da Paraíba. Em solo paraibano, o parlamentar disse que, nesse primeiro momento de pré-campanha presidencial, irá focar nas alianças com os partidos em âmbito nacional.
Segundo ele, as paixões partidárias locais podem ser divergentes de alguns posicionamentos nacionais e que, por isso, vai respeitar a realidade de cada região, sem impor apoios.
“Eu como presidente da Câmara tenho uma relação ótima com todos os deputados da bancada. Estou construindo primeiro uma aliança nacional, eu acho que se eu começar a tratar da questão local, vai gerar confusão. A política local é uma coisa que apaixona, que divide e eu não estou nesse momento olhando quais serão as alianças locais. O importante é que a nível nacional eu já tenho a sinalização de vários partidos PP, PR, PRB  o Solidariedade, então são partidos que tem dialogado. Mas, do ponto de vista local, nós vamos respeitar a realidade de cada um. Tenho amizade com partidos de oposição, como Cássio e Pedro, Hugo Mota, tem o Rômulo e certamente a gente vai tentar construir uma aliança mais ampla que a partidária”, ressaltou.
Maia não esqueceu do deputado Efraim Filho (DEM), a quem considera um amigo pessoal. Para ele, o apoio do parlamentar abrirá portas, sobretudo na construção de alianças e projetos para o Estado.
“Efraim que até ano passado foi líder do meu partido é um dos entusiastas do projeto, amigo pessoal, e a capacidade de articulação dele vai me ajudar para construir nosso programa e no processo eleitoral a gente possa ter um bom palanque na Paraíba”, arrematou.

PB Agora


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial