segunda-feira, 12 de março de 2018

Kaysar e Patrícia discutem feio e sírio detona: 'O que tu sabe da vida? Eu vi a morte'

O casal Kaysar e Patrícia enfrentou na madrugada deste domingo, 11, sua mais grave crise no Big Brother Brasil.
Patrícia teve uma crise de ciúmes e reclamou que o brother a deixou sozinha na festa. Visivelmente magoada, ela chamou o sírio para conversar no quarto do líder e disse que tudo piorou porque ela sentiu que ele estava paquerando as cantoras da dupla Anavitória, que fizeram uma participação na festa.
"Me senti trocada, desprezada", disse ela. "Agora não entendi nada. O quê?", quis saber ele. Patrícia continuou: "Você olhava pra elas, paquerava com elas, eu vi". Muito incomodado com a acusação, Kaysar rebateu:  "Você diz isso por que eu ri pras meninas? O que é isso. Gente, não acredito que estou ouvindo isso".
Mais tarde, o sírio voltou a questionar o comportamento de Patrícia e desabafou.
"Você faz umas coisas pequenas parecerem gigantes. Você está falando com alguém que perdeu o país, que perdeu os amigos. Então não me fala sobre um paredão. O que você viu da vida, o que você sabe da vida? E vi a morte. Então não me fala que eu nunca senti o que você sentiu. Para de reclamar as coisas pequenas. Onde tá a minha família, tu sabe?", disse.
E ele seguiu: "Ninguém largou você sozinha. Você tá imaginando isso. Você que tá enxergando dessa maneira só porque eu pulei na piscina, brinquei com o Caruso e fui tomar uma cerveja. Não é tudo que você sente que rola mesmo" completou. Ela permaneceu irredutível. "Você não consegue se colocar no meu lugar. Você é incapaz disso, vive dizendo que tudo que eu falo é pequeno diante do que você viveu", reclamou Patrícia aos prantos.
Crise
Mais cedo, Kaysar já havia pedido para a sister superar a indicação ao paredão. Durante todo o sábado, ela só falou do tema. “Só me dá o meu tempo, por favor, pode ser?”, pediu. “Eu quero um tempo de tudo, quero me divertir. Agora você vai ficar chorando, vou ficar me sentindo culpado. Eu só quero o meu tempo”, implorou o rapaz.
A funcionária pública então fez um pedido. “Eu sei que você tem seu tempo, mas não quero que fique com raiva de mim porque estou fragilizada. Eu sou um ser humano”, respondeu.
Caras 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial