segunda-feira, 26 de março de 2018

Grávida morta em acidente sonhava em ser policial e deixou mensagem para filho: 'meu mundo azul'

A Danielly Juvino, de apenas dezessete anos, morreu na tarde do último domingo (25) em um acidente de trânsito no cruzamento entre as avenidas Diogo Velho, em Jaguaribe.
Ela estava grávida de seis meses e sendo socorrida por uma ambulância para a maternidade Cândida Vargas por apresentar um forte sangramento quando o veículo foi atingido por uma caminhonete Amarok.
A ambulância ficou completamente destruída, capotou e acabou arremessando os ocupantes pela rua. Com o impacto, Danielly foi jogada contra um poste e faleceu no local.
No dia 2 de fevereiro, a vítima havia postado nas suas redes sociais a sua alegria quando descobriu o sexo da criança, que se chamaria David William.
"Que sensação boa e inspiradora que você me dá! E a cada batida que sinto você eu me apaixono mais e mais! Deus me deu o presente mais divino, a honra de ser mãe do meu pequeno David William... meu mundo azul", declarou.
Em conversa com a equipe do Sistema Arapuan, a mãe de Danielly revelou que sua filha sonhava em ser policial e que toda a família estava feliz com a vinda do primeiro neto.
"Já estava tudo programado, o menino já tinha nome, já tinha comprado o enxoval", lamentou a avó. 

Yves Feitosa/Marco Antônio, o Águia


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial