segunda-feira, 26 de março de 2018

Genival Matias e presidente nacional descartam informação sobre suposta filiação de Pedro Cunha Lima nos quadros do Avante na Paraíba

Genival Matias e presidente nacional descartam informação sobre suposta filiação de Pedro Cunha Lima nos quadros do Avante na Paraíba
O Presidente do Avante Estadual, deputado Genival Matias, nega qualquer conversa ou contato do Avante a nível Estadual ou nacional com o deputado Pedro Cunha Lima. Genival afirma que não há nenhuma possibilidade do ingresso do deputado Federal no Avante.

Genival Matias lembrou que os partidos que mudaram seus presidentes ou estão para mudar de presidente, nunca conseguiram uma declaração oficial da direção nacional, como acontece neste momento de boatos sobre o Avante.Luís Tibé, presidente nacional da legenda, gravou um vídeo também negando a informação veiculada em sites da Paraíba. “Meus amigos e amigas da Paraíba, tranquilizo a todos sobre a direção do partido no estado, Genival Matias é presidente estadual há bastante tempo, tem feito a condução com bastante êxito e tranquilidade. Afirmo que não há a menor possibilidade de mudança da direção estadual na Paraíba e estamos muito satisfeitos com trabalho realizado e confiante no sucesso”, afirmou Luís Tibé.
“Essa informação é totalmente improcedente! Não há a menor possibilidade, nem contato, nem conversa. Isso é coisa de partido que quer tirar o foco da verdade, e espalha boatos sobre o nosso partido. O Avante esta estruturado e pronto para a campanha deste ano com grandes nomes, respeito aos filiados e honrando compromissos. É assim que seguiremos, agindo com a verdade e respeitando quem faz parte do nosso partido. A informação sobre Pedro Cunha Lima no Avante, não tem a mínima procedência. Nenhum dos presidentes de partido que estiveram ou estão na berlinda conseguiram até agora a declaração do comando nacional, ao contrário do Avante que traz a fala do presidente Luís Tibé”, disse o deputado Genival Matias.

Pbagora


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial