Emissão de RG ocorre na Casa da Cidadania de Jaguaribe

Serviço não deve voltar mais para o local e a tendência é que siga na Casa da Cidadania de Jaguaribe, na Zona Oeste da Capital
0
   
COMPARTILHE
Desde esta terça-feira (13), o Instituto de Polícia Científica (IPC) da Paraíba, sediado em João Pessoa, já estava autorizado pela Justiça a ser reaberto, mas só na quarta-feira (14) que os trabalhos foram retomados no local. Apenas o atendimento ao público para a emissão do Registro Geral (RG) não deve voltar mais a funcionar no IPC. O serviço foi remanejado para a Casa da Cidadania, no bairro de Jaguaribe, na Zona Oeste da Capital, onde deve permanecer.
Desde que o IPC foi interditado, na semana passada, alguns serviços oferecidos pelo órgão precisaram ser disponibilizados à população em outros lugares. O atendimento setor de registro civil, por exemplo, foi para a Casa da Cidadania de Jaguaribe. Segundo o diretor geral do IPC, Israel Aureliano, o serviço não deve voltar mais para o IPC.
“O Ministério Público do Trabalho (MPT) questionou o fato de este serviço ser no IPC, então achamos melhor deixar mesmo na Casa da Cidadania. Mas outros atendimentos que são função do IPC já estão sendo realizados normalmente no local”, explicou Israel.
O Instituto de Medicina Legal (IML), localizado no IPC, já está funcionando normalmente. Desta forma, as perícias e reconhecimento de cadáveres já podem ser feitos no local. As equipes de criminalística, que foram encaminhadas para a Academia da Polícia Civil (Acadepol) na ocasião da interdição do IPC, permanecem alojadas na Acadepol, mas as análises já podem ser feitas no Instituto.
Após a interdição do local, depois de uma vistoria do MPT, seguida de uma determinação pelo fechamento do Instituto, alegando “grave e iminente risco de condições de trabalho do órgão”, o IPC vem passando por obras desde esta terça-feira (13) e os trabalhos devem durar cerca de 60 diasPOSTADO POR FERNANDO COUTINHO- NAÇÃORURALISTA.COM.BR