quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Curso de Gestão Municipal do SUS tem início com aula inaugural

Com a realização de uma aula inaugural, começaram nesta terça-feira (27), no auditório do Centro de Ciências da Saúde (CCM/UFPB), as atividades do Curso de Gestão Municipal do SUS. A qualificação é fruto de parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-RH) e o Projeto Itinerários do Saber. Estiveram presentes a secretária estadual de Saúde, Claudia Veras, representantes do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems/PB), equipe do Cefor-RH e da SES, além dos selecionados que vão compor as vagas do curso.
O Curso de Gestão Municipal do SUS tem como objetivo qualificar o processo de trabalho dos gestores municipais de saúde do Estado. “Vamos desenvolver atividades pedagógicas que promovem a apropriação dos instrumentos de gestão em saúde. Assim, contribuímos com a formação desses gestores, de forma que eles possam monitorar os processos de planejamento em saúde, otimizando suas ações e, claro, cumprindo uma atuação ética, comprometida, resolutiva e crítica”, disse a coordenadora estadual do Apoio Institucional da SES, Daniela Gomes.
A capacitação é de 120 horas presenciais (deve se estender até o final de julho deste ano) e será desenvolvida a partir da realidade e processo de trabalho dos gestores, abordando os seguintes temas: Construção, princípios e diretrizes do SUS, direito de cada cidadão e dever do estado; Atenção Básica e Vigilância em Saúde; Financiamento em Saúde; Planejamento em Saúde; Redes Regionalizadas de Atenção à Saúde; Educação em Saúde e, transversalmente, espaços de tomada de decisão.
Foram selecionados 290 participantes de toda a Paraíba, entre eles, 151 são secretários municipais de saúde e os demais são secretários adjuntos, coordenadores de Atenção Básica e de Vigilância em Saúde, organizados em 12 turmas. “Nesta aula inaugural, todos participaram juntos. Porém, os próximos encontros já serão descentralizados em cada uma das regiões de saúde”, explicou Daniela.
Abrindo as atividades, o professor André Luis Bonifácio de Carvalho (Centro de Ciências Médicas da UFPB) lembrou que a dinâmica do SUS é rápida e está em constante mudança. “Este ano nós comemoramos os 30 anos do SUS, a contar da Constituição de 1988. É um sistema generoso e cidadão, que passa sempre por muitas alterações. Exatamente por isso, é necessário atualizar e qualificar aqueles que lidam diretamente com o processo de trabalho. Não podemos nos acomodar, precisamos tornar o serviço melhor para a população e, claro, com melhores condições de trabalho”, disse o professor André Luis.
Ele ressaltou, ainda, a diversidade brasileira, que tem características e necessidades múltiplas. “Entendemos que é preciso respeitar o processo de construção coletiva do sistema, afinal, cada lugar tem suas particularidades, tendo em vista a pluralidade do nosso país. No SUS, a solidariedade impera, ninguém trabalha sozinho. Vale lembrar que a saúde é direito de cada cidadão e dever da união”, arrematou.

Secom-PB 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial