sábado, 24 de fevereiro de 2018

Aguinaldo zera o jogo: “PP não vai ficar a reboque de ninguém”

Terminou há pouco reunião do PP no apartamento do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, em João Pessoa. A decisão prática: diante da indefinição de candidaturas da Oposição, o partido decidiu “zerar o jogo”.
Foi mais ou menos isso que Aguinaldo deixou claro agora há pouco em entrevista por telefone ao Blog.
“A gente não pode ficar a reboque de ninguém. No momento oportuno, vamos conversar com quem se dispuser a incorporar nosso projeto”, vaticinou.
Prazo
Perguntado sobre qual o prazo do PP, Ribeiro foi taxativo: “7 de abril, quando vamos saber quem estará no processo”.
Recado
“Se eu fosse candidato a governador estaria me comportando como candidato, até agora ninguém se definiu. Como isso não foi definido, a gente agora tem que cuidar da vida.
Frustração
“Estávamos discutindo dentro do campo da Oposição, só que alguns tomaram posição, o MDB está definido, e o restante não pode definir por razões diversas. Na minha opinião, esse processo era pra ter se dado no ano passado e nesse ano já se era pra estar andando o Estado”.
Encaminhamento 
“Como a oposição ainda está muito indefinida, tratamos de cuidar de um projeto. Até agora só se discute nomes, elencamos quatro pontos que o partido vai discutir em seminários que começam em abril, com convidados do Estado e de fora da Paraíba, renomados do País, para propostas de Emprego, Saúde, Segurança e Habitação”.
Critério
“Vamos discutir em base de projeto, não só em nomes para que haja um compromisso com os pontos levantados pelo partido”.
Potencial
“A gente tem a tranquilidade de saber que é um partido com tempo de televisão e que ajudou a Paraíba com recursos para o Governo do Estado e prefeituras”.
Sem pressa
“Temos esse período de janela partidária e desincompatibilização, depois faremos essa discussão. Não vamos aguardar esse processo, só a partir de 7 abril começaremos a tomar posição”.
Atraso
“Por nós essa definição já tinha se dado o ano passado. Ela tentou ser construída e até agora não houve definição”.
Blog do Heron Cid 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial