quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Ninguém mais do que Celso Teixeira quer ser campeão em 2018

Ninguém mais do que Celso Teixeira sabe a importância de conquistar o Campeonato Paraibano.
O atual técnico do Campinense não engole o não convite do Treze para 2018.
Celso esperava reciprocidade da cúpula Alvinegra depois de levar a desacreditada equipe de 2017 ao vice-campeonato estadual.
O agora comandante da Raposa evita comentar sobre o assunto, mas o descontentamento é público com diretores do Galo.
Sem citar nomes, Celso disse recentemente que é comum diretores do Treze assediar jogadores de outras equipes. Em resposta a tentativa dos trezeanos de tirar o atacante Thiago Potiguar do Renatão.
A mágoa de Celso Teixeira com parte da diretoria do Treze pode ser importante para os jogos grandes do campeonato.
Não havia razões para o convite.
Celso disse ‘não’ a William para Série D por acreditar que seria chamado novamente pelo Treze.
Preferiu o River, do Piauí, após o Campeonato Paraibano.
O convite do Treze não veio.
De casa, Celso viu o anúncio de Oliveira Canindé.
Simões fez um novo contato, agora aceito pelo treinador de 56 anos.
Desembarcaram no Renatão, os zagueiros William Goiano e Rafael Araújo e o meia Jean Carlo, todos ex-trezeanos e homens de confiança de Celso.
Ainda chegaram os atacantes Rodrigo Silva e Thiago Potiguar, além do meia Marcinho, ex-Botafogo-PB… manteve Fernando Pires, Rafael Jensen.
Apesar do orçamento atingindo com as ausências no Nordestão e Copa do Brasil, o Campinense não ficou para trás de Botafogo-PB e Treze.
E ainda tem Celso…
Mordido!
www.blogdomauriliojunior.com.br 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial