quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Jacarés deixam apenas focinho para fora de rio congelado para sobreviver

Jacarés que vivem no parque de Shallotte River Swamp Park, em Ocean Isle Beach, na Carolina do Norte (EUA) estão colocando apenas as narinas para fora do gelo formado pelo rio congelado para poder sobreviver.
Segundo o George Howard, gerente geral do parque, os animais adotaram essa prática simplesmente como um mecanismo de sobrevivência.
"Eles vão para o lugar que estiver mais quente", afirmou à ABC News.
Os jacarés foram para a água na semana passada durante o fenômeno de "ciclone bomba" que atingiu a costa leste dos Estados Unidos, já que a água no pântano onde fica o parque é mais quente do que o ar.  No frio, animais de sangue frio, como os répteis, fazem brumação. É um tipo de hibernação. Os bichos procuram abrigo e diminuem o metabolismo para conseguirem sobreviver às baixas temperaturas.
A posição que os jacarés decidiram ficar para enfrentar o frio é rara de se ver. Nessa região da Carolina do Norte, onde fica o parque, o frio intenso é incomum. Como uma camada de gelo foi formada no topo da água, na última sexta-feira (5), os animais ficaram com o nariz para fora e o corpo suspenso na água.
"Eles não se importam. Isso é o que eles fazem. Jacarés existem há centenas de anos. Eles são uma máquina de sobrevivência", disse Howard.

UOL


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial