quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Tucano aposta que Justiça será feita com Lula: 'Uma luz no fim do túnel'

O deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) acredita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ficará inelegível em janeiro, quando ele for julgado, em segunda instância, no processo do triplex no Guarujá, na sede do Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4).

“Seu eu tivesse dez fichas, eu apostaria as dez na Justiça. Espero que a Justiça seja feita mais uma vez, não só contra Lula. Eu tenho certeza de que no instante que começarmos a despolitizar e a encarar como cobrança de uma fatura de quem deve moralmente ao país, vamos conseguir enxergar uma luz no fim do túnel”, disse.

Lula foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo da Lava Jato envolvendo o triplex em Guarujá. A acusação foi de ocultação da propriedade do imóvel no litoral paulista, recebida como propina da empreiteira OAS, em troca de favores na Petrobras. Outros dois réus no mesmo processo também foram condenados, e quatro, absolvidos.
A Justiça Federal no Paraná também determinou o bloqueio de R$ 16 milhões, estabelecido como dano mínimo, e o sequestro do apartamento. O ex-presidente também teve bloqueados mais de R$ 600 mil de contas bancárias e cerca de R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada.
A sentença publicada no dia 12 de julho permite que o petista recorra em liberdade.

Assessoria 



← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial