sábado, 16 de dezembro de 2017

Na retomada do Empreender-PB, RC reclama de suspensão: 'teríamos liberado mais contratos'

O governador Ricardo Coutinho (PSB), comentou em solenidade de retomada do Empreender-PB, nesta sexta-feira (15), e reclamou da politização de algumas ações. "era para ter liberado mais contratos que não estão em função da ação do Conselheiro que suspendeu o programa", disse.
Ricardo comentou que foram liberados 53 cidades, mas que era estarem presentes mais 52 que não aconteceu em função do conselheiro Fernando Catão que suspendeu na Justiça o programa no dia 08 de novembro.
"É um direito do povo e do governo do Estado de operar um programa tão importante. Espero que quem faça política saiba preservar algumas coisas, conquistas da população... o Empreender é uma delas, Segurança Pública é outra que não pode ser partidarizada", disse.
O governador afirmou que é preciso compreender e ajudar o povo, pois "na Paraíba a oposição não consegue produzir nenhuma ideia, nenhuma coisa boa, algo que coloque a Paraíba e a Administração Pública para frente". 
O governador Ricardo Coutinho liberou, nesta segunda-feira (22), em uma solenidade na Escola Técnica de João Pessoa, créditos do Empreender-PB para 248 empreendedores da cidade, inscritos em várias linhas de crédito, como Empreender individual, Inovação Tecnológica, Profissional liberal, entre outros. Foram liberados mais de R$ 2,1 milhões com o objetivo de apoiar e dar oportunidades de crescimento aos empreendedores. A ação faz parte da programação elaborada pelo Governo do Estado em comemoração ao aniversário de 431 anos da capital paraibana.
Na ocasião, houve a assinatura dos contratos dos beneficiados e o governador Ricardo Coutinho destacou que o programa Empreender-PB, lançado em 2011, já disponibilizou cerca de R$ 120 milhões para os pequenos empreendedores paraibanos. “Este programa dá chance para que o microempreendedor possa evoluir. Estamos chegando hoje aos R$ 120 milhões investidos desde a criação do Empreender. Muitas pessoas devem ter buscado crédito em bancos para abrir um pequeno negócio e não conseguiram. Com este programa foi diferente, porque estamos ativando a cadeira produtiva a partir do pequeno empreendedor, dando oportunidades de crescimento para pequenos negócios. Também avançamos na produção de novas tecnologias, 11 empresas estão recebendo recursos para apostar na inovação tecnológica. O Empreender é um grande programa de geração de renda”, observou.

A secretária executiva da Ciência e Tecnologia, Francilene Procópio Garcia, informou que esta é a primeira liberação de créditos para os inscritos no Empreender Inovação Tecnológica. “Esta nova linha de financiamento do Programa Empreender é destinada a pessoas jurídicas, com foco específico no setor de produção e desenvolvimento de produtos e processos com tecnologias inovadoras. Hoje estamos entregando os contratos dos primeiros beneficiados, o que representa um investimento de mais de R$ 700 mil para esta linha da Inovação Tecnológica. Isso amplia as condições de sucesso dessas empresas inovadoras no Estado”, comentou.
De acordo com a secretária executiva do Empreendedorismo, Amanda Rodrigues, o Governo do Estado busca fomentar a economia dando oportunidades de créditos para pequenos empreendedores. “Em comemoração aos 431 anos de João Pessoa, preparamos uma grande entrega para presentear os beneficiados deste município. O Empreender trabalha com os anseios de pessoas que, às vezes, não tiveram acesso ao estudo, não conseguiram investir em suas carreiras e que precisam de apoio para ter acesso a um crédito orientado. É um programa de grande importância que realiza sonhos”, frisou.

“O Empreender faz a diferença na vida de muitas pessoas e ajuda a desenvolver o Estado, proporcionado as condições que os microempreendedores necessitam. Que todos tenham sucesso em seus empreendimentos”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lindolfo Pires.
“Soube do Empreender Inovação Tecnológica através de amigos. Fiz a inscrição e felizmente fui aprovado para receber esse crédito que vai colaborar muito para o crescimento da minha empresa. É uma ajuda grande para que possamos desenvolver novas tecnologias”, afirmou o empreendedor Wesley de Paula.


A psicopedagoga Gabriela Max foi beneficiada com créditos na linha Empreender Profissional Liberal. “Estou sendo beneficiada com o projeto e meu sonho é abrir uma faculdade de cursos de qualificação profissional em João Pessoa. Minha vida foi muito difícil, sou mulher trans, venho da prostituição e através desse incentivo poderei exercer minha profissão de psicopedagoga no meu empreendimento”, falou.
Paraiba.com.br


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial