domingo, 24 de dezembro de 2017

Em jogo com furada de CR7 e defesa de lateral, Barça vence Real e dispara


O Barcelona calou o Santiago
Bernabéu neste sábado. Com gols de Messi, Suárez e Aleix Vidal a equipe catalã venceu o Real Madrid por 3 a 0 e disparou ainda mais na liderança do Espanhol com o triunfo em um dos clássicos mais importantes do mundo.
O jogo teve um primeiro tempo equilibrado e marcado por excelente atuação dos dois goleiros e por Cristiano Ronaldo alternando bons e maus momentos, com direito a uma furada espetacular. Messi ficou mais sumido, mas viu seus companheiros darem aula de contra-ataque. Paulinho merece destaque pelas ótimas chances criadas no seu melhor estilo entrando na área.
No início do segundo tempo, os catalães abriram o placar com Luis Suárez e, pouco depois, ampliaram com Messi convertendo pênalti, marcado após defesa de Carvajal com a mão em cima da linha de gol. Expulso, o espanhol praticamente inviabilizou o jogo de Zinedine Zidane.
O resultado faz o Barcelona chegar aos 45 pontos, nove a mais que o Atlético de Madrid, que perdeu do Espanyol na última sexta-feira. A diferença para Real Madrid agora é de 14 pontos. Os merengues estão na 4ª colocação, com 31 pontos, mas com um jogo a menos.

Boleiragem brazuca antes de a bola rolar

O Twitter da La Liga colocou um vídeo que se destacou pela 'boleiragem' dos brasileiros. Marcelo abraçou Paulinho e perguntou sobre a família. Na frente das câmeras, elas se cumprimentaram. Em seguida, Casemiro brincou com a fase artilheira de seu companheiro de seleção: 'Tá artilheiro, eim?'. Paulinho respondeu brincando: 'Cuidado, eim?'.

Mas o que que é isso, Cristiano Ronaldo?

O português começou o jogo mostrando que queria infernizar a vida da zaga do Barcelona. Logo aos 2 minutos, ele apareceu no segundo pau para completar desvio de Varane e vencer Ter Stegen. O trio de arbitragem, no entanto, invalidou o gol de forma correta por impedimento. Oito minutos depois, foi a vez dele ser protagonista de novo. Mas por um lance que ninguém esperaria ver vindo de quem veio. É difícil até explicar. Veja o vídeo abaixo e tire as suas conclusões.
Messi vira garçom de Paulinho
Na primeira grande chance do Barcelona, Messi foi garçom de Paulinho. Pela direita, o argentino viu o brasileiro entrando na grande área da forma que já é tradicional: quase como um atacante. De primeira, o volante da seleção brasileira chutou e viu Navas fazer defesa espetacular para evitar que os visitantes saíssem na frente.
Resposta vem rápido
No lance seguinte ao milagre do costarriquenho, Cristiano Ronaldo fez o que todo mundo sabe que ele pode. Vinte minutos depois de dar a furada "espetacular", pela esquerda, ele pedalou para cima dos adversários dentro da área e chutou cruzado. Ter Stegen mostrou que também estava em dia difícil de ser vencido e praticou ótima defesa.

Benzema para na trave

O Barcelona tentou responder novamente com Paulinho. O brasileiro recebeu outra bola de Messi e cabeceou para ver Navas fazer outra boa defesa. O Real Madrid não deu nem tempo para seu torcedor sofrer. Minutos depois, Marcelo achou ótimo cruzamento para Benzema. Dentro da área, o francês se antecipou aos adversários e cabeceou firme no canto esquerdo de Ter Stegen. Caprichosamente, a bola bateu no pé da trave e foi para fora. 
Barcelona abre placar em aula de contra-ataque
Depois de um início de 2º tempo um pouco mais calmo, o Barcelona aproveitou a primeira oportunidade de contra-ataque que teve. Busquets dominou a bola na entrada da área defensiva e deu belo giro para se livrar da marcação. Ele tocou para Rakitic, que disparou de seu próprio campo e, na intermediária, achou Sergi Roberto correndo do outro lado. De primeira, quase na linha da grande área, ele passou para Luis Suárez. O uruguaio bateu de primeira para vencer Navas e abrir o placar para o Barcelona. 

Defendeu, Carvajal! Ops, pera...

Depois de abrir o placar, o esperado era que o Real fosse tentar a reação, mas o que de fato aconteceu é que os visitantes pressionaram ainda mais. Suárez chutou na entrada da área e viu Navas fazer excelente defesa. No rebote, ele bateu e acertou a travessão. A bola ficou viva na área e Paulinho tentou colocar para dentro da área e parou em outra defesa, mas... De Carvajal! O lateral colocou a mão na bola, fez o pênalti e ainda foi expulso. Na batida, Messi não deu chances para Navas e ampliou a vantagem.
Zidane coloca o Real Madrid para frente
Depois de ter Carvajal expulso, Zinedine Zidane fez as três substituições que podia para tentar mudar algo no jogo. Ele corrigiu a zaga com a entrada de Nacho Fernández e, em seguida, colocou Asensio e Gareth Bale para dar mais volume ao time. Até que adiantou, e o Real criou chances de gol. Em uma delas, o galês chutou dentro da área e viu o goleiro adversário fazer defesa espetacular. Depois, foi a vez de Sergio Ramos chutar firme e novamente parar no arqueiro adversário. No contra-ataque, Aleix Vidal aproveitou rebote da zaga para definir a vitória em 3 a 0. 
FICHA TÉCNICA

REAL MADRID 0X3 BARCELONA

Local: Santiago Bernabéu, Madri (ESP)
Data-Hora: 23/12/2017 - 10h
Cartões amarelos: Sergio Ramos (RMA), Vermaelen e Busquets (BAR)
Cartões vermelhos: Carvajal (RMA)
Gols: Luis Suárez (8'/2ºT) (0-1), Lionel Messi (18'/2ºT) (0-2) e Aleix Vidal (47'/2ºT) (0-3)
REAL MADRID: Navas; Carvajal, Ramos, Varane, Marcelo; Casemiro (Asensio - 28'/2ºT), Kroos, Kovacic (Bale - 28'/2ºT), Modric; Benzema (Nacho - 19'/2ºT), Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane.
BARCELONA: Ter Stegen; Sergi Roberto (Aleix Vidal - 46'/2ºT), Piqué, Vermaelen, Alba; Busquets, Rakitic, Iniesta (Nélson Semedo - 30'/2ºT); Paulinho (André Gomes - 38'/2ºT), Messi, Suarez. Técnico: Ernesto Valverde.
UOL 


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 Comments:

Postar um comentário

Editorial