sábado, 4 de novembro de 2017

Presidente do TJ diz ser 'impossível' ilimitar diárias de servidores da PB: 'Continuo com o controle'

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Joás de Brito Filho, afirmou que manterá os limites das diárias, apesar da decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que assegura o pagamento, sem limitação, de diárias a magistrados e servidores deslocados para trabalho em localidade diversa da que estão lotados. De acordo com Joás, é “impossível” não limitar as diárias por conta do orçamento.

“Eu baixei um ato determinando que antes das diárias serem requeridas deveriam ser autorizadas. Eu continuo com o controle das diárias porque tem que ter autorização prévia para o servidor poder se deslocar. Com o orçamento que nós temos e ser ilimitado, é impossível, não dá para conseguir gerir”, disse.

Joás de Brito Filho reiterou que as diárias só serão concedidas após ficar constatada a necessidade do deslocamento do servidor.

“Eu não posso, simplesmente, tirar dinheiro. Gestão financeira não dá para criar, tem que gerir”, observou.
Paraiba.com.br

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter