segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Orquestra Sinfônica de JP abre Festival Internacional de Música Clássica

A apresentação prosseguiu com o primeiro solista da noite, Leo Gandelman. Depois foi a vez de Wagner Tiso. Juntos, os dois tocaram também músicas conhecidas da Música Popular Brasileira.
0
   
COMPARTILHE
Érico Fabres
Começou neste domingo (25), ao som do Hino Nacional Brasileiro, executado pela Orquestra Sinfônica Municipal e com a regência do maestro Laércio Diniz, a 5ª edição do Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa, no Adro da Igreja de São Francisco, no Centro Histórico. A apresentação prosseguiu com o primeiro solista da noite, Leo Gandelman. Depois foi a vez de Wagner Tiso. Juntos, os dois tocaram também músicas conhecidas da Música Popular Brasileira.
Para o diretor executivo da Funjope, Maurício Burity, o evento a cada ano se consolida mais, fazendo parte dos grandes festivais nacionais e internacionais. “A população acolheu e prestigia muito, já que é uma oportunidade ímpar, o que também acrescenta no turismo de João Pessoa e da Paraíba”, conta ele, ressaltando os cenários das atividades, todas dentro do Centro Histórico.
Para o empresário e diretor da Confederação Nacional das Indústrias, Roberto Cavalcanti, “a cultura é a base de toda uma educação e o Brasil clama por educação”. Ele afirma que é uma grande oportunidade para a população de todas as classes, de prestigiar um evento similar aos que acontecem na Europa. “Bumba meu boi, carnaval, tudo também é cultura, mas a música clássica é a essência de tudo”, finalizou.
A programação do Festival de Música Clássica contará com artistas brasileiros, israelenses, holandeses e ucranianos. Nesta segunda (26), serão quatro concertos em locais diferentes do Centro da Capital. Os locais das apresentações serão: Mosteiro de São Bento, Primeira Igreja Batista, Igreja do Carmo e Igreja de São Francisco. Além disso, três masterclasses serão executados.
A programação começa às 10h, no Hotel Globo. No local serão realizadas as masterclasses de viola e violino, ministradas, respectivamente, pelo violista tcheco Vilém Kijonka e pela violinista russa Masha Iakovleva.
Já no Centro Cultural Casa da Pólvora, também às 10h, ocorre a masterclass de violoncelo com o polonês Tomasz Daroch, que nasceu em uma família artística em Lodz. Ele começou a tocar violoncelo aos 7 anos de idade. Diplomado com distinção na Staatliche Hochschule für Musik und Darstellende Kunst (Escola de música) em Mannheim (Alemanha) e na Academia de Música de Bacewicz em Lodz (Polônia). Atualmente trabalha como assistente na Academia de Música de Lodz.
Concertos serão realizados nesta segunda à tarde
O primeiro concerto desta segunda-feira será de responsabilidade da Orquestra da Ação Social pela Música – Núcleo João Pessoa (ASMJP) com regência de Samuel Espinoza (Chile/Brasil). A apresentação ocorre às 14h30, no Mosteiro de São Bento.
A Orquestra é formada por estudantes de 6 a 16 anos do projeto Ação Social Pela Música do Brasil (ASMB), Núcleo João Pessoa, que atende atualmente 140 crianças na capital paraibana. Em João Pessoa, a iniciativa começou no Alto do Mateus, ensinando cerca de 70 crianças e adolescentes desde julho de 2015. O projeto também atua no bairro de Mangabeira, no Centro Cultural Tenente Lucena, na Casa da Pólvora e no Gervásio Maia (Centro Cultural Gervásio Maia). Estão à frente do projeto em João Pessoa os professores Hector Rossi e Samuel Espinoza.
Às 16h, na Primeira Igreja Batista, no Centro, o grupo Top Five, do Brasil, também realiza um concerto. O grupo é formado por alunos do Projeto Ação Social Pela Música do Brasil junto com Thais Ferreira, professora de violoncelo do projeto, formada pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.O terceiro concerto do primeiro dia acontece às 18h na Igreja do Carmo com três artistas brasileiros: Ana de Oliveira (Violino) Dhian Toffolo (Viola) e Marcus Ribeiro (Violoncelo).
Apresentação internacional encerra o segundo dia
Para encerrar o primeiro dia do Festival de Música Clássica haverá apresentações de uma trinca de artistas internacionais: Asi Matathias (Violino – Israel), Tosca Opdam (Violino – Holanda) e Victor Stanislavsky (Piano – Ucrânia).
Todas as informações relativas ao Festival Internacional de Música Clássica como data, horário e local das apresentações, além da biografia dos artistas e programas que serão executados estão disponíveis no site www.musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br.
POSTADO POR FERNANDO COUTINHO
NAÇÃORURALISTA.COM.BR

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter