sábado, 25 de novembro de 2017

Lutador ex-UFC recebe 10 meses de prisão por aceitar propina para entregar luta

O lutador sul-coreano Tae Hyun Bang foi sentenciado nesta sexta-feira a 10 meses de prisão por sua participação num esquema para arranjar resultados de lutas. Segundo o jornal "The Korea Herald", Bang foi julgado pela Corte Distrital de Seul Central e foi considerado culpado de aceitar uma propina no valor de 100 milhões de won (cerca de US$ 92.160, ou R$ 298 mil) de "corretores" para perder sua luta contra Leo Kuntz pelo UFC na Coreia do Sul em 2015.
A expressão de surpresa de Tae Hyun Bang ao ser anunciado vencedor contra Kuntz (Foto: Getty Images)A expressão de surpresa de Tae Hyun Bang ao ser anunciado vencedor contra Kuntz (Foto: Getty Images)A expressão de surpresa de Tae Hyun Bang ao ser anunciado vencedor contra Kuntz (Foto: Getty Images)
Bang recebeu o dinheiro de três "corretores", que também receberam sentenças de prisão. De acordo com a investigação, Bang deveria perder os dois primeiros rounds contra Kuntz no evento realizado em Seul no dia 28 de novembro de 2015. No entanto, os planos não funcionaram, e Bang acabou vencedor por decisão dividida dos juízes laterais - na época, Bang fez cara de surpresa ao ser anunciado vencedor. Ele teria mudado de ideia e lutado "pra valer" após ser notificado pelo UFC que as probabilidades de sua luta nas casas de apostas haviam virado de forma suspeita, e que tanto ele quanto Kuntz seriam investigados caso não lutassem com vontade.
"O crime de arranjar lutas danifica a credibilidade do esporte e, em lutas internacionais, também tem um efeito ruim na credibilidade do país. Bang tinha obrigação de jogar o jogo de forma justa, mas ele a ignorou e teve um papel importante no esquema. Mas nós levamos em consideração que Bang venceu a luta e devolveu o dinheiro em seguida", diz o texto da decisão da corte, de acordo com o "Korea Herald".
Após a luta, Bang teria recebido ameaças de morte vindas de membros do crime organizado sul-coreano, que teriam apostado cerca de US$ 1,7 milhão na vitória de Kuntz. Bang ainda lutou mais uma vez pelo UFC e foi derrotado pelo alemão Nick Hein em setembro de 2016, no UFC Hamburgo. Depois disso, foi cortado pela organização, e não mais lutou MMA.
SporTV 

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter