domingo, 26 de novembro de 2017

Deputado defende 'enxugamento' da máquina em todos os Poderes; já estou fazendo isso', garantiu

O deputado Federal Pedro Cunha (PSDB) voltou a defender o 'enxugamento' da máquina administrativa em todos os poderes  e garantiu que vem fazendo isso desde que assumiu o mandato na Câmara.
Pedro Cunha Lima, que  foi escolhido entre os seis parlamentares mais atuantes na Câmara Federal, afirmou que renunciou o  " auxílio moradia" , a verba de gabinete e  outros privilégios pagos aos deputados e com essa medida já economizou R$ 1,8 milhão desde que assumiu o mandato.
Para o parlamentar é necessário que o Poder Judiciário também faça isso. " Não estou aqui querendo bater de frente com juízes, promotores e desembargadores, mas apenas tentando corrigir uma série de injustiças sociais que são cometidas contra o povo brasileiro", justificou.
Ele disse que é inaceitável um  procurador receber um salário mensal de R$ 15 mil e ainda receber ajuda para pagar o colégio e comprar os livros dos filhos, " enquanto um trabalhador comum recebe um salário mínimo  e tem que fazer tudo isso com esse dinheiro", afirmou. 
Só para citar alguns exemplos dessas disparidades, Pedro Cunha Lima lembrou que a Casa Branca, nos Estados Unidos,  tem 377 funcionários enquanto que o Palácio da  Alvorada possui 3,8 mil servidores. O parlamentar criticou ainda o fato do orçamento da Assembleia Legislativa do Estado ser o mesmo da Universidade Federal da Paraíba.  " O deputado Rodrigo Maia já pediu que apresentasse um projeto moderado sugerindo o enxugamento do orçamento da Câmara", finalizou.

Paulo Cosme

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter