terça-feira, 28 de novembro de 2017

Defesa aposta que STJ seguirá entendimento do MP e permitirá liberdade e retorno de Berg ao mandato

O advogado Raoni Vita, que atua na defesa do prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, está confiante de que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) acompanhe o parecer do Ministério Público e acolha o pedido de habeas corpus para colocar seu cliente em liberdade. A sessão está prevista para começar às 14h, desta terça-feira (28).
"A expectativa é de que seja confirmado o teor do parecer do Ministério Público pela soltura imediata e o retorno de Berg à função de prefeito", opinou.
Ele também afirmou que o depoimento, ao Ministério Público,  do empresário João Paulino, responsável pela gravação que flagrou Berg Lima recebendo propina, comprova que o fato foi uma armação articulada pelo prefeito interino, Luiz Antônio (PSDB).
"A defesa espera que o Poder Judiciário aplique uma medida dura a essas pessoas que orquestraram esse golpe e retorne Berg ao convívio da sociedade e ao povo de Bayeux no comando da prefeitura", falou.
O advogado adiantou ainda que já pediu ao Tribunal de Justiça para rever sanções aplicadas ao prefeito afastado com base nas declarações do empresário.
"Ingressamos na semana passada com um pedido no Tribunal de Justiça, junto ao relator do processo, doutor Marcos William, para revogar medidas impostas com base nos fatos novos. É um depoimento que mexe com a versão posta pelo Ministério Público e se amolda com perfeição a algo que defendíamos desde o início que se tratou de uma armação para tirar Berg do poder de forma espúria", finalizou.

Paraiba.com.br

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter