terça-feira, 10 de outubro de 2017

Homem é assassinado a tiros em casa e criminosos deixam bilhete: 'tarado de criança tem vez não'

Um homem foi assassinado a tiros dentro da própria casa na manhã desta segunda-feira (09) em Mandacaru, bairro de João Pessoa.
Os criminosos invadiram a casa e executaram a vítima com tiros na cabeça. No local ficou um bilhete insinuando que a pessoa assassinada seria estuprador de crianças.
“Tarado de criança tem vez não, o certo é o certo e o errado é cobrado. Passou mal”, dizia o recado deixado no local, apesar de não haver indícios de quem a vítima tenha cometido tal crime.
Com medo de sofrer represálias a comunidade não fala nada sobre o caso. A única referência da vítima é que ele morava no local há cerca de três meses.
No último dia 2, um caso parecido foi registrado no Colinas do Sul. De acordo com a polícia, o chaveiro Afonso Sabino Júnior, de 30 anos, estava em casa quando recebeu uma ligação e saiu para fazer um serviço e não voltou mais. Na tarde desta segunda-feira, ele foi encontrado morto.

Também foram encontrados dois bilhetes ao lado do Corpo. Um diz que “Estuprou criança morreu” e no outro: “Estuprador Tarado é daquele modelo”.
De acordo com a perícia feita no local, o corpo apresentava marcas de tiro e golpes de faca. A poucos do local do crime, a polícia encontrou uma moto preta que pertencia a vítima.

A esposa do chaveiro, que não foi identificada pela polícia, negou porém que o marido tenha envolvimento com crimes sexuais. Ela garantiu que ele tratava bem as filhas e o filho dela, do seu primeiro casamento.
O delegado Antonio Ivo, responsável pelas investigações, acredita que, pela violência do assassinato, deve se tratar de um caso de vingança.

Yves Feitosa/David Martins

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter