domingo, 22 de outubro de 2017

Emendas de Cássio priorizam saúde: ‘A doença não espera’

Ontem (20) foi o último dia para a apresentação de Emendas ao Orçamento da União por parte dos parlamentares. Dos cerca de 15 milhões de reais em emendas individuais a que tem direito, o senador Cássio Cunha Lima destinou 10, 3 milhões de reais (70% do total) exclusivamente para ações em benefício da saúde pública em toda a Paraíba.
FAP e Laureano - Como vem fazendo todos os anos em que está no Senado, Cássio  indicou emendas individuais para os hospitais Napoleão Laureano, em João Pessoa e para a FAP, Fundação Assistencial da Paraíba, em Campina Grande, ambos especializados em tratamento oncológico e que são unidades referenciadas por todos os municípios do Estado da Paraíba.
Padre Costa e São Vicente - Dentro do critério de injetar recursos para a saúde, o senador também destinou emenda para a Casa de Saúde Padre Costa, em Uiraúna, que é referência para os municípios de Poço de José de Moura, Triunfo, São João do Rio do Peixe, Bernardino Batista, Joca Claudino e Poço Dantas. Outro hospital beneficiado por emenda de Cássio foi o São Vicente de Paula, entidade filantrópica centenária, sediada em João Pessoa, que atende paraibanos de diversas regiões do Estado.
Complexo Hospitalar do Sertão -  Cássio indicou ainda uma emenda de remanejamento no valor de 10 milhões de reais para a construção do Complexo Hospitalar do Sertão, no município de Patos. É um projeto  ambicioso, que vai beneficiar diretamente 75 municípios da região. “O Complexo Hospitalar do Sertão significa um novo tempo para a saúde dos moradores de 75 municípios em torno de Patos, com atendimento mais próximo e, consequentemente, mais ágil” – disse o senador.

Infraestrutura – As cidades carecem de investimentos na  área de infraestrutura urbana,  e Cássio não se descuidou dela. Ele indicou 4,3 milhões de reais para serem aplicados em obras de infraestrutura nos municípios paraibanos. Destinou, também, 100 mil reais à Polícia Rodoviária Federal , para a compra de viaturas.
Opção consciente – Cássio Cunha Lima explicou as razões pelas quais sempre prioriza as suas emendas para a saúde pública:  “É consciência e bom senso, porque a saúde é a área onde as pessoas mais humildes e vulneráveis  têm necessidades urgentes. A doença não espera. É uma questão de humanidade” – justificou o senador.

Assessoria 

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter