quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Sem presença do TJ, Raniery diz que é preciso mobilização da AL para desinstalação de comarcas

Para o deputado estadual, Raniery Paulino (PMDB), autor da sessão especial que discute o fechamento de comarcas do Tribunal de Justiça na Paraíba, nesta quarta-feira (13), é preciso fazer uma reflexão quanto à racionalização dos custos, mas também não se pode extinguir comarcas sem antes debater na Assembleia.
De acordo com Raniery, qualquer diminuição de serviços públicos preocupa. "Fui um dos que protestou contra o fechamento de escolas por parte do Governo do Estado e o fechamento de agências bancárias pelo Governo Federal, da mesma forma que a desinstalação é preocupante", disse. 
O deputado destacou que é preciso buscar uma consolidação dos serviços, os impostos só aumentam. "Existe um momento de racionalização de custos, estamos estendendo a mão ao Judiciário, o presidente Joás de Brito nos recebeu e é importante esse debate já que a instalação passa por uma mobilização na Casa e nos municípios, por que a desinstalação não segue esse rito?", questionou.
O diretor de Gestão Estratégica Tony Márcio Leite Pegado falou que o estudo sugere a desinstalação de 15 comarcas. São elas: Araçagi, Bonito de Santa Fé, Cabaceiras, Cacimba de Dentro, Caiçara, Coremas, Cruz do Espírito Santo, Lucena, Malta, Paulista, Pilões, Prata, Santana dos Garrotes, São Mamede e Serraria. Estas poderão ser agregadas pelas seguintes unidades judiciárias, respectivamente: Guarabira, Conceição, Boqueirão, Araruna, Belém, Piancó, Sapé, Santa Rita, Patos, Pombal, Arara, Sumé, Piancó, Santa Luzia e Arara.


Marília Domingues / Fernando Braz

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter