sábado, 2 de setembro de 2017

Fraude em Vestibular: Justiça libera 11 dos 22 envolvidos na ‘Operação Gabarito’

A Justiça concedeu habeas corpus a 11 envolvidos na Operação  Gabarito que prendeu 22 pessoas, na Capital. Os suspeitos estavam presos no presídio do Roger, 1º e 5º Batalhões.

De acordo com o advogado,  Luiz Pereira, que defende a maioria dos suspeitos que foram liberados na tarde desta sexta-feira (1º), a decisão foi da juíza   Andreia Carla Nunes, da 4ª Vara Criminal da Capital.

Ainda segundo advogado, em sua justificativa, a juíza afirmou que os acusados não apresentavam alto grau de periculosidade e tinham pouca participação no caso.                        

Operação Gabarito
 – A Operação Gabarito, da Polícia Civil da Paraíba, investiga um grupo suspeito de fraudar, ao menos, 70 concursos públicos e vestibulares, nos estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe e Piauí. Com a ação, o grupo teria, supostamente, lucrado em torno de R$ 18 milhões, com a aprovação de mais de 500 pessoas, beneficiadas com o esquema.

As fraudes começaram em 2005, tendo a primeira etapa da operação sido deflagrada no dia da realização das provas do concurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte, ocorrida em 7 de maio de 2017, com a prisão de 19 pessoas, mas a Polícia investiga a participação de mais envolvidos.

Paulo Cosme

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter