quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Racionamento de água: secretário rebate deputada e insinua que ela não vive em Campina Grande

O secretário de Recursos Hídricos e Infratestrutura do Governo do Estado, João Azevêdo (PSB), rebateu, nesta quinta-feira (8), acusações da deputada Daniella Ribeiro (PP) de uso político ao anunciar o fim do racionamento de água em Campina Grande, no agreste paraibano. O socialista insinuou que a parlamentar desconhece a problemática vivida pelos campinenses com a falta de água porque passa “raramente” na cidade.
“Talvez a deputada, como ela não vive em Campina Grande, não soube os efeitos e o que é passar dois anos e dez dias tendo a sua rotina completamente alterada com o racionamento tão sério”, alfinetou o auxiliar do governo estadual em entrevista ao programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares na Rádio Arapuan FM.
De acordo com Azevêdo, o Governo do Estado buscou incessantemente acabar com o racionamento em Campina Grande e trabalhou muito para que a água da Transposição percorresse a distância entre Monteiro e Boqueirão num período de 30 dias.
“Nós fizemos todas as ações que estavam sob a responsabilidade do Governo do Estado para que isso fosse uma antecipada mágica. Desde junho que queríamos tirar Campina do racionamernto”, pontuou.
A data anunciada hoje por João Azevêdo para o fim do racionamento em Campina Grande será dia 26 de agosto, mesmo dia em que o ex-presidente Lula passará pela cidade.
Paraiba.com.b

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter