quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Na primeira sessão ordinária, Câmara de João Pessoa aprova mais de 300 requerimentos

Durante a primeira sessão ordinária do segundo semestre de 2017, na manhã desta quarta-feira (2), o Plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou 320 requerimentos e uma indicação ao Executivo Municipal. Após a sessão ordinária, ainda ocorreu a posse do vereador suplente Marmuthe Cavalcanti (PSD).

Os requerimentos aprovados solicitam, em sua maioria, a execução de serviços para a melhoria da qualidade de vida do pessoense. Dentre os pedidos aprovados, destacam-se: revitalização, urbanização e reordenamento de calçadas; regularização na coleta de resíduos; melhoria na iluminação pública; manutenção e reparo no sistema de esgoto; limpeza e manutenção de galerias pluviais; recuperação de passarelas, pontes e viadutos; e serviços de tapa-buracos em ruas e avenidas da Capital.

CMJP aprova indicação de Polo de Tecnologia

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento econômico e a pesquisa científica na Capital por meio de incentivos fiscais a empresas, o Plenário da Casa aprovou Indicação ao Executivo Municipal que sugere a criação do Polo de Tecnologia do Extremo Oriental das Américas, o Extremotec.

Segundo o autor da proposta, vereador Thiago Lucena (PMN), a iniciativa busca incentivar empresas de tecnologia a se instalarem em João Pessoa e, assim, fomentar o emprego na Capital, absorvendo os profissionais que saem das universidades. A Indicação prevê a concessão de incentivos fiscais, como a redução de Imposto de Serviços (ISS).

“Queremos incentivar empresas a se firmarem na Capital, reduzindo o ISS de cinco para dois por cento. O retorno financeiro é muito maior. O Executivo Municipal não vai deixar de arrecadar, vai arrecadar mais, pois mais empresas virão pra cá”, afirmou.

Thiago Lucena destacou que o desenvolvimento tecnológico da cidade passa por uma tríade que tem que ser criada. “Temos boas universidades, mas as pessoas que saem delas, geralmente, não têm empregabilidade aqui. O Polo pensa em três colunas essenciais: a iniciativa privada que fornece o trabalho; o poder público com o incentivo fiscal; e as universidades com a formação de profissionais capacitados para as empresas da iniciativa privada”, explicou.

A matéria segue para apreciação do Executivo Municipal.
Assessoria 

Nenhum comentário:
Write comentários

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter