terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Bancos, trens e comércio voltam ao normal após Carnaval, nesta quarta; veja horários

O fim do feriado prolongado de Carnaval faz com que diversos serviços, como trens, shoppings, comércio e bancos retornem ao normal a partir da manhã desta quarta-feira (1º). Confira os horários abaixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio e anaçãoruralista.com.br

Shoppings

Tambiá


Fechado nessa terça-feira (28), o Tambiá Shopping reabre, com lojas e praça de alimentação, a partir das 12h desta quarta.

Manaíra e Mangabeira

Abertos durante todo o período de Carnaval, tanto o Manaíra Shopping como o Mangabeira Shopping estarão abertos das 10h às 22h.

Mag Shopping

No Mag Shopping, lojas, praça de alimentação e parque abrem das 12h às 22h. Já o cinema abre das 13h às 22h.

Shopping Sul

Fechado nessa segunda (27) e terça, o Shopping Sul reabre a partir das 11h, praça de alimentação, e lojas às 13h.

Shopping Sebrae

Durante o feriado, o Shopping Sebrae ficou fechado, mas reabre a partir das 12h desta quarta-feira.

Shopping Cidade

O Shopping Cidade reabre nesta quarta-feira, com praça de alimentação às 11h e lojas às 12h.

Campina Grande

Em Campina Grande, o Partage Shopping reabre e funcionará das 12h às 22h nesta quarta-feira.

Comércio

De acordo com o Sindicato dos Lojistas do Comércio de João Pessoa (Sindilojas-JP), o comércio reabre a partir das 12h desta quarta.

Bancos

De acordo com a Superintendência do Branco do Brasil na Paraíba, os bancos retornam ao normal às 12h da quarta-feira.

Trens

Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos em João Pessoa (CBTU), nesta quarta-feira, o primeiro trem de João Pessoa à Cabedelo será às 6h34 e para Santa Rita às 6h58.

Município

De acordo com a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), as atividades na prefeitura, secretarias e demais repartições do município retornam das 13h às 18h nesta quarta.


Morte de turista por suspeita de febre amarela em João Pessoa será investigada

A possibilidade de um turista capixaba ter morrido nessa segunda-feira (27), vítima de febre amarela em João Pessoa, está sendo investigada pelas autoridades sanitárias do estado.

Leia mais Notícias no Portal Correio e naçãoruralista.com.br
De acordo com Daniel Batista, gerente de epidemiologia da prefeitura de João Pessoa, só depois da divulgação do resultado do exame laboratorial é que a suspeita pode ou não ser confirmada.

Segundo ele, a vítima estava internada em um dos hospitais particulares da cidade e veio a óbito nessa segunda-feira (27). A suspeita se deve ao fato de o turista pertencer a uma área endêmica da doença.

O resultado do exame deve ser divulgado em até 30 dias.

A secretaria de Saúde de João Pessoa prometeu divulgar uma nota ainda nesta terça-feira (28) para esclarecer o caso.


'Paredões de som' são apreendidos e mais três são presos por poluição sonora nesta terça na Paraíba

Prisões aconteceram na cidade de Lucena, onde se reúne uma grande multidão todos os anos durante o período de Carnaval
Polícia | Em 28/02/17 às 15h57, atualizado em 28/02/17 às 16h06 | Por Redação
Imagem compartilhada no WhatsApp
'Paredões de som' foram apreendidos na cidade de Lucena
Policiais do Batalhão de Polícia Ambiental prenderam, nesta terça-feira (28), mais três homens por poluição sonora no Carnaval. As prisões ocorreram na cidade de Lucena, a 50 quilômetros de João Pessoa, no Litoral Norte paraibano.

Leia também: Três homens são presos e multados em R$ 5 mil por poluição sonora no Litoral Sul

No domingo (26), três homens também foram presos por utilizarem ‘paredões de som’ na praia de Jacumã, na cidade de Conde. Já nessa segunda-feira (27), um homem também foi preso por poluição sonora na cidade de Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba.

Leia mais Notícias no Portal Correio E NAÇÃORURALISTA.COM.BR

De acordo com o major Lucas, responsável pelas operações de combate à poluição sonora no estado, os presos foram levados para a delegacia da cidade, onde prestarão depoimento. Cada um foi multado em R$ 5 mil e teve os equipamentos sonoros apreendidos.

Os presos só serão liberados mediante pagamento de fiança a ser arbitrado pelo delegado. Eles também responderão a um processo e, caso condenados, poderão pegar de um a quatro anos de prisão.


Acidente na BR 104 nas proximidades do bar do peixe entre Agrestina e Caruaru - PE uma moto colidiu em um veículo o casal teve lesões gravíssimas

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

Nenhum texto alternativo automático disponível.

O samu foi chamado e as vitimas levadas para Caruaru em estado gave
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre


Aeronave que transportava banda Aviões do Forró faz pouso de emergência em Maceió

Os cantores Xand Avião e Solange Almeida, além dos integrantes da banda Aviões do Forró, passaram por um susto na madrugada desta terça-feira, 28. O grupo seguia para Salvador, Bahia, após se apresentarem em Recife, Pernambuco, quando a aeronave fretada em que estavam passou por um problema técnico em uma das turbinas. O piloto foi obrigado a fazer um pouso de emergência em Maceió.
Em comunicado, a banda informou que todos passam bem, lamentou o ocorrido e o cancelamento do show. “Agradecemos o carinho e a compreensão de todos”, diz um trecho.
Solange relatou os momentos de tensão vividos por todo o grupo em seu perfil no Instagram. “Quando estávamos no alto passando próximo a Maceió, eu ouvi um estalo alto e um clarão no motor do lado direito da aeronave onde estava sentada com o Edson. Fiquei atenta a tudo, achei que fosse um raio. Logo em seguida, o Wilson que nos acompanha me chamou e disse que a gente faria um pouso de emergência, que estava tudo sobre controle e que o motor da aeronave tinha parado”, disse a vocalista.
Durante o “problema técnico”, Sol disse que não ficou nada bem. “A gente lembra de tudo. Pensa nos filhos, pensa na família. Passa um filme, aquele filmão. E aí ficou todo mundo orando e pedindo a Deus. Ele mais uma vez perfeito, único e absoluto. A cada balançada o coração queria sair pela boca”, afirma a cantora.
Após o ocorrido, a banda cancelou o show que faria em Salvador, na Bahia. “Ninguém tem condições emocionais de entrar em um avião”, finalizou Solange Almeida, que se despede nesta terça-feira de Carnaval do grupo Aviões do Forró para seguir carreira solo. Por sua vez, Xand Avião assume a banda com novos integrantes.
POSTADO PELA NAÇÃORURALISTA.COM.BR


A dramática situação do STF: Não prende ninguém, protege políticos, indeniza bandidos e solta assassinos

O Supremo Tribunal Federal (STF) vive indiscutivelmente a pior fase de sua história e tem, possivelmente, a sua mais medíocre formação.
Em contrapartida é uma Corte onde afloram vaidades, incoerências e leniência com falcatruas e condutas ilícitas.
O STF tem demonstrado cotidianamente uma profunda, lamentável e absoluta despreocupação com a sociedade e com as pessoas de bem, agindo de acordo com a conveniência de seus ministros.
Em casos como o do goleiro Bruno ou do líder de facção criminosa Gegê do Mangue, tem aplicado a letra fria da lei, através da utilização de filigranas jurídicas, para colocá-los em liberdade, em detrimento da sociedade.
Em outros casos, como o da cassação dos direitos políticos da ex-presidente Dilma Rousseff, faz acordo de bastidores e pisoteia a Constituição, em detrimento da nação.
E numa situação como a do senador Renan Calheiros, com uma ficha corrida extensa envolvendo corrupção e inúmeras ilicitudes, faz vistas grossas e nada tem seguimento, alimentando e favorecendo a impunidade, graças ao maldito ‘foro privilegiado’.
E, confrontando-se com a Lava Jato, esta célere, ágil e eficiente, julga favoravelmente a bandidagem, estabelecendo descabidas indenizações, enquanto o povo sofre com a falta de segurança, o péssimo atendimento da saúde e os desmandos da classe política.



Garota de 11 anos é estuprada pelo pai e os irmãos dentro de açude na Paraíba

Pai de 60 anos de idade decidiu abusar sexualmente da própria filha de apenas 11 anos de idade, junto com seus dois irmãos um de 21 anos e outro de 16 anos, esse casa aconteceu na cidade de Piancó na Paraíba. Todos foram detidos após denúncia de um pescador que flagrou o abuso sendo realizado. Segundo informações da polícia, o pai e um dos filhos dele tem problemas mentais e são acompanhados por psicólogos.
A mãe da menina que é separada do pai comentou que já desconfiava que a filha estava sendo violentada, mas que não tinha provas e nem escutou a filha comentar que estava passando por tudo isso. O pai e meninos negam tudo, mas a menina confirma e eles encontram-se detidos.
Oremos por essa garota que por ser de menor nua podemos mostrar seu rosto, mas essa notícia já vem  chocando muitas pessoas, pois como que pode o pai e o próprios irmãos se juntarem para fazer isso com uma criança que é da própria família? Muito triste. Oremos por ela e por recuperação psicológica, pois isso é um trauma. (Informações da notícia G1)




PAIS TRATAM CRIANÇA COMO CACHORRO, A QUE PONTO CHEGOU O SER HUMANO


PAIS TRATAM CRIANÇA COMO CACHORRO COM UMA CORADA NO PESCOÇO E COMENDO EM UM RECIPIENTE NO CHÃO A CRIANÇA É OBRIGADA A  COMER, VAMOS DIVULGAR PARA QUE AS AUTORIDADES CHEGUEM AOS PAIS OU MONSTROS.
AS IMAGENS CAÍRAM NAS REDES SOCIAIS SEM INFORMAÇÕES DE LOCAL NEM NOME DOS RESPONSÁVEIS.


João Pessoa tem nuvens e radiação extrema na terça de Carnaval

A previsão do tempo para João Pessoa nesta terça-feira (28) de Carnaval é de chuvas isoladas, porém com radiação extrema, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). São esperadas muitas nuvens, com curtos períodos de sol e chuvas em algumas áreas. A probabilidade de chover é de 30%.

Quem ainda assim quiser aproveitar o último dia do feriadão em lugares abertos, deve abusar do filtro solar. O Índice Ultravioleta (IUV) previsto para a capital paraibana é 13, considerada radiação extrema pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A temperatura mínima prevista para a terça-feira em João Pessoa é de 24ºC, enquanto que a máxima deve ficar em 30ºC.


Os que forem à praia também devem observar a lista de praias que estão impróprias para banho. Nesta semana, a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) recomenda que banhistas evitem 13 praias do litoral paraibano. Outras cidades

Para Campina Grande, o Inpe prevê nebulosidade variável com pequena chance de chuva, cerca de 20%. A temperatura deve variar de 21ºC a 31ºC e a radiação também está prevista para ser extrema, com IUV 13.

O município de Cajazeiras, no Sertão do estado, deve encerrar sua programação de Carnaval com chuva. A previsão predomínio de sol pela manhã, mas chuva com trovoadas à tarde. A probabilidade de chuvas é de 87%. O Inpe prevê temperatura mínima de 24ºC e máxima de 34ºC. Assim como João Pessoa e Campina Grande, há previsão de IUV 13, ou seja, radiação extrema. IUV

O IUV representa o valor máximo diário da radiação ultravioleta. Isto é, no período referente ao meio-dia solar, o horário de máxima intensidade de radiação solar. Como a cobertura de nuvens é algo muito dinâmico e variável, o IUV é sempre apresentado para uma condição de céu claro. Isto é, para ausência de nuvens que, na maioria dos casos, representa a máxima intensidade de radiação.


Redação com G1


Portela e Mangueira foram os destaques

Portela e Mangueira foram os destaques positivos na segunda noite de desfiles no Rio, com enredos sobre a força das águas e a fé do brasileiro. Mas a segunda-feira também ficou marcada por um acidente que deixou ao menos 12 feridos, sendo 2 em estado grave, no desfile da Unidos da Tijuca. Parte da estrutura da alegoria de um carro cedeu e atingiu integrantes. Outras escolas tiveram problemas: um carro da União da Ilha ficou preso e causou buracos no desfile. Uma mulher caiu do alto de um carro da Mocidade, mas não teve ferimentos graves. Além delas, a São Clemente também desfilou, buscando título inédito.


A Ilha abriu o segundo dia do Grupo Especial levando o candomblé para a Sapucaí, com foco na cultura dos bantos de Angola. Apesar do bonito desfile, a escola pode perder pontos em evolução, porque teve problemas mecânicos com seu quinto carro. Ele ficou "preso" várias vezes na Sapucaí e fez com que a escola ficasse com grandes "buracos" na segunda metade de desfile


No terceiro carnaval de Rosa Magalhães na São Clemente, a carnavalesca que tem o maior número de títulos da Sapucaí contou a história de um grande baile na Corte de Luís XIV, o Rei Sol, oferecido pelo então ministro do tesouro, Nicolas Fouquet. O castelo, as roupas dos nobres, os músicos e até os talheres da festança que ocorreu em fevereiro de 1653 no palácio Vaux-le-Vicomte foram reproduzidos na avenida. A escola de Botafogo busca o título inédito no Grupo Especial. A São Clemente fez um desfile leve e colorido, que preferiu apostar no tom lúdico em vez de reproduzir a opulência da nobreza francesa.


A Mocidade Independente de Padre Miguel ignorou os 7 mil km que separam Brasil e Marrocos para aproximar a Sapucaí das tradições de Marrakesh, em cima do tapete de Alladin ou no barco de Simbad, personagens de “As Mil e Uma Noite” que ajudaram a levar o colorido mágico e luxuoso do Oriente para a avenida. O público foi ao delírio com a comissão de frente, que colocou no céu um tapete voador e homens vestidos de beduíno que carregavam cestos de onde saíam odaliscas


Unidos da Tijuca viveu momentos dramáticos assim que pisou na Sapucaí, no quarto desfile da noite desta segunda-feira (28) do Grupo Especial do Rio. O topo do segundo carro cedeu, e integrantes da escola ficaram presos na estrutura. Os bombeiros mandaram parar o carro e entraram na alegoria para socorrer os feridos. Por causa do acidente, a Tijuca parou com menos de 10 minutos na avenida. Ao todo, 12 pessoas ficaram feridas – cinco delas precisaram ser transferidas para hospitais, duas em estado grave. A Tijuca ficou praticamente parada por cerca de meia hora. As alas tiveram que desviar da alegoria no início da Sapucaí para poder entrar na avenida e seguir com o desfile.


Após o drama da Tijuca, a Portela passou como um rio pela Sapucaí, no penúltimo desfile do Grupo Especial. No segundo ano do carnavalesco Paulo Barros na escola, ela apresentou as histórias e mitos da água doce na tentativa de quebrar o amargo jejum de 33 anos sem títulos. A comissão de frente representou a piracema, com componentes vestidos como peixes nadando em direção à nascente. Um dos carros trocou os tons de azul pelo marrom, para recordar o Rio Doce e o desastre ambiental de Mariana em novembro de 2015. Carros e fantasias jogaram água pela Sapucaí.


A Estação Primeira de Mangueira encerrou o segundo dia de desfiles na Sapuca cantando para os diferentes santos e orixás das religiões brasileiras em busca do bicampeonato no grupo especial. A verde e rosa fez uma procissão de cores e sons para mostrar todas as misturas e o sincretismo da espiritualidade do país. Um carro chegou a ter um problema em uma das rodas que deixou um grande buraco em seu desfile, mas a escola fechou sua participação a tempo




G1


Jornalista da Globo é detido em Salvador

Correspondente da Globo em Nova York, Felipe Santana curte alguns dias de folga no Carnaval de Salvador, mas acabou se envolvendo em uma confusão na noite deste domingo (26) e foi detido.


O repórter estava acompanhado do também jornalista Bruno Della Lata, que trabalha na produção do "Fantástico", no bloco Coruja de Ivete, no circuito Osmar, em Campo Grande, quando ambos se desentenderam com um policial.


Em nota, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia informa que a polícia alega ter sofrido desacato, enquanto os profissionais da Globo dizem que houve truculência policial.


Bruno Della Lata teria sido atingido por um cassetete durante a discussão, e desmaiado. A SSP-BA diz que ele teve um ferimento no supercílio, foi encaminhado ao posto médico e depois levado ao Hospital Aliança. Já Felipe Santana foi ouvido na Central de Flagrantes.


Os militares envolvidos também prestarão esclarecimentos. E todos vão fazer exame de corpo de delito.


Os jornalistas não chegaram a ir presos, pois desacato não é mais crime no Brasil desde dezembro último, em decisão do Superior Tribunal de Justiça, seguindo leis internacionais de direitos humanos.


Felipe Santana prestou depoimento, assinou um termo circunstanciado e foi liberado durante a madrugada.


Ele é correspondente da Globo em Nova York desde janeiro, ocupando o lugar de Renata Ceribelli. Produz reportagens e também participa ao vivo direto da redação pelo "Jornal Hoje". Recentemente, ganhou destaque ao entrevistar e acompanhar todo o voo de Eike Batista dos Estados Unidos para o Brasil, onde seria preso.


Confira a nota Secretaria de Segurança Pública da Bahia na íntegra:


"A Secretaria da Segurança Pública determinou a apuração rigorosa de uma situação envolvendo uma patrulha da Polícia Militar e dois jornalistas. O caso aconteceu no circuito Osmar (Centro), na noite deste domingo (26). Informações preliminares dão conta de que jornalistas e policiais se desentenderam. O caso foi para a Central de Flagrantes do Passeio Público.




Os policiais alegam desacato e, a dupla, truculência policial. Um dos jornalistas, Bruno Aversa Della Latta, teve um ferimento no supercílio e foi encaminhado ao posto médico para atendimento e, em seguida, para o Hospital Aliança, onde permanece em observação. O outro jornalista, Felipe Tomaz Sant'ana, foi ouvido na Central de Flagrantes.




Os militares envolvidos também prestaram depoimentos. Todos os envolvidos serão encaminhados para fazer exame de corpo de delito, já que dois PMs também apresentaram ferimentos na boca e no braço".


Na Telinha


Termina prazo para Declaração de IR retido

As empresas têm até as 23h59min59s de hoje (27) para apresentar à Receita Federal a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF) relativo ao exercício de 2016. Estão isentas dessa obrigação apenas os microempreendedores individuais (MEI) com receita bruta anual de até R$ 60 mil em suas operações de cartão de crédito com IRRF sobre os pagamentos de comissões para as operadoras.


Se o prazo não for cumprido, a empresa terá de pagar multa de 2% ao mês-calendário ou fração, incidente sobre o montante de tributos e contribuições informados na declaração, ainda que integralmente pago, limitada a 20%.


Como forma de ampliar o controle tributário sobre determinadas operações e ampliar mecanismos de combate à evasão tributária, a Receita Federal também tornou obrigatória a declaração em casos de pessoas físicas e jurídicas residentes no país, mesmo sem ter feito a retenção do imposto, desde que tenham sido candidatos a cargos eletivos, inclusive vices e suplentes, ou que tenham efetuado pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa a pessoa física ou jurídica residente ou domiciliada no exterior.


Nesses casos, a obrigatoriedade de declaração vale para as seguintes situações: aplicações em fundos de investimento de conversão de débitos externos; royalties, serviços técnicos e de assistência técnica; juros e comissões em geral; juros sobre o capital próprio; aluguel e arrendamento; aplicações financeiras em fundos ou em entidades de investimento coletivo; carteiras de valores mobiliários e mercados de renda fixa ou renda variável; fretes internacionais; previdência complementar; remuneração de direitos; obras audiovisuais, cinematográficas e videofônicas; lucros e dividendos distribuídos; cobertura de gastos pessoais, no exterior, de pessoas físicas residentes no país, em viagens de turismo, negócios, serviço, treinamento ou missões oficiais; rendimentos de que trata o Artigo 1º do Decreto nº 6.761, de 5 de fevereiro de 2009, que tiveram a alíquota do imposto sobre a renda reduzida a 0% e demais rendimentos considerados como rendas e proventos de qualquer natureza, na forma prevista na legislação específica.




Agência Brasil


Polícia prende em flagrante homem suspeito de furtar plantas de floricultura para vender mudas

Nesta segunda-feira (27), um homem, de 56 anos, foi preso em flagrante por policiais da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur), suspeito de furtar plantas de várias espécies de uma floricultura, localizada no final da Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa.


De acordo com as informações policiais, o homem estaria praticando o crime a cerca de quatro semanas e revendia as mudas na orla de João Pessoa. Ele reside nas proximidades da floricultura e teria aproveitado este feriadão de carnaval para realizar um novo furto. A proprietária da loja acionou a polícia que conseguiu frustrar a ação.


Com o suspeito foram recuperados cerca de 30 vasos de plantas. Ele foi apresentado na 12ª Delegacia Distrital, em Manaíra.


Foto: Tenente Jacqueline/CEATur 

PB Agora


'Nunca agredi ninguém', diz Victor Chaves após acusação da mulher

Victor falou pela primeira vez sobre a suposta agressão que teria cometido contra a mulher, Poliana Bagatini, grávida de 4 meses, no apartamento do casal, em Belo Horizonte (MG), última sexta-feira (24). O sertanejo foi acusado de jogá-la no chão e chutá-la várias vezes.

Em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, Victor negou as acusações e disse que nunca agrediu absolutamente ninguém. "A única coisa que eu posso dizer é que a minha família é meu bem maior e que toda a minha postura sempre foi de preservar a família. Eu vou continuar fazendo isso. Toda essa exposição me pegou de surpresa. Eu jamais agrediria alguém na minha vida, muito menos minha esposa, que tá grávida do João. A minha postura vai ser continuar preservando a família e me preservando de toda uma exposição altamente negativa e com a qual eu vou lidar em recolhimento com a minha família", afirmou ele.

A entrevista foi realizada num hangar particular do aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, e com a presença de Poliana Bagatini, que não quis se pronunciar. Victor pediu que imagens da mulher e da filha fossem feitas apenas de costas, como forma de preservá-las.

Poliana Bagatini, mulher de Victor Chaves, cantor da dupla Victor e Leo, registrou um boletim de ocorrência acusando o marido de suposta agressão, na última sexta-feira.

A briga ocorreu no apartamento do casal, no bairro do Luxemburgo, região nobre da capital mineira. Durante a confusão, Poliana teria sido impedida por um segurança e pela irmã do cantor de sair do local e só conseguiu depois que uma vizinha ouviu os gritos e a ajudou.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, Poliana foi até a Delegacia Seccional Sul, prestou o depoimento e registrou a ocorrência. Em seguida, recebeu uma guia para fazer o exame de corpo de delito na Delegacia de Mulheres, mas deixou o local antes mesmo de realizá-lo.

Um inquérito foi instaurado e o caso agora será investigado pela delegada Danúbia Quadro, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Idoso e Deficiente.

Neste domingo, uma carta atribuída a Poliana Bagatine, mulher de Victor Chaves, foi divulgada pelo irmão do sertanejo, Leo Chaves.

Na publicação, a mulher de Victor volta atrás e diz "que se sentiu no dever de esclarecer os fatos": "De uma hora para outra, vi meu nome e de minha família expostos na mídia. Me senti no dever de esclarecer os fatos que foram veiculados. Espero que uma vez esclarecido possa voltar a me dedicar ao meu marido, à minha filha e à minha gravidez”, diz o texto.

A carta diz ainda que Victor nunca a machucou e nunca a machucaria e que a confusão se deu após "um grande desentendimento familiar". "Para comprovar a inexistência de qualquer lesão, resolvi fazer perícia no IML (Instituto Médico Legal)", justificou.

"The Voice Kids"

Por causa da repercussão, o sertanejo Victor Chaves pediu para ser afastado do "The Voice Kids".

Em uma mensagem exibida antes do programa deste domingo (26), previamente gravado, o apresentador André Marques anunciou a decisão do técnico do programa e declarou o pronunciamento oficial da emissora, que ainda não havia se manifestado sobre o caso.

"A Globo repudia toda e qualquer forma de violência e acredita que essa acusação precisa ser apurada com rigor, garantindo o direito de defesa na busca da verdade", disse André Marques, em comunicado.

Irmão defende Victor

Leo Chaves também saiu em defesa do irmão, Victor Chaves, e classificou a atitude de Poliana como "precipitada e inconsequente" em mensagem publicada em seu perfil, no Instagram, neste domingo.

"Qualquer ser humano em situações emocionais adversas, está sujeito a atitudes precipitadas e inconsequentes. Ainda mais, estando grávida.Poliana tem grandes qualidades e diante de tudo, ofereço minha compreensão e respeito.

Ciente do impacto do ocorrido e dos reflexos, sinto muito. No entanto me posiciono com apoio aos dois e sem julgamentos.

São pais de uma linda criança, que espera seu irmão nascer.

A vida é assim, propõe pódio e derrotas, é preciso saber lidar com ambos.

Desde o inicio, estive firme com minhas conclusões sobre o ocorrido, e sabia que a verdade viria à tona. Estive de mãos dadas com meu irmão o tempo todo, e assim seguirei!

Que esse episódio possa ser aproveitado como experiência e aprendizado para todos.A sociedade vive um caos emocional, e pessoas de bem, cometem atos sem a mínima consciência, simplesmente por não estarem conectadas consigo mesmas.

É fato que damos os maiores passos diante das crises.Que assim seja.

O que temos pra hoje é construir o agora da melhor forma.

Vamos em frente meu irmão @victorchaves"

UOL


Unidos do Roger é a grande campeã do Carnaval Tradição

Na tarde desta segunda-feira (27), foram anunciados, os vencedores do Carnaval Tradição de João Pessoa 2017.


A escola de samba Unidos do Roger foi a grande vencedora da categoria, o segundo lugar ficou com a Malandros do Morro, da Torre, e o terceiro com a Império do Samba, também do Roger.


Na categoria Tribos Indígenas, a tribo Africanos, do bairro do Cristo, foi a campeã, seguida da Tabajara, do Alto do Mateus, e a Tupi Guarani, de Mandacaru.


O campeão na categoria Clube de Orquestras foi o Ciganos do Esplanada, o segundo lugar ficou com o Bandeirantes da Torre e o Dona Emília ficou em terceiro.


Na noite desta segunda-feira ainda desfilam as Ala Ursas.


Foto: Reprodução/TV Cabo Branco 

PB Agora


No acidente durante carnaval deixa dois em estado grave



O Carnaval de 2017 entra para a história de uma forma triste. Nunca a Passarela do Samba tinha sido palco de tantas cenas trágicas. Os acidentes com os carros alegóricos de Paraíso do Tuiuti e Unidos da Tijuca deixam o coração dos amantes da folia com uma ferida difícil de curar.
Pela primeira vez, o noticiário até a Quarta-feira de Cinzas não será dominado pela gostosa expectativa sobre qual escola será a grande campeã. Todos estarão preocupados com o estado de saúde das vítimas internadas após o atropelamento de domingo e dos componentes da Unidos da Tijuca.
Após a trágica ocorrência de domingo, o discurso dos dirigentes, tanto da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), quanto do Paraíso do Tuiuti, era construído em torno de uma palavra: fatalidade. Ou seja, algo que fugiria à ordem natural das coisas. Não é mais possível que o problema do gigantismo dos carros alegóricos seja varrido para baixo do tapete. É hora de a comunidade do samba encarar de frente a questão. É hora de tentar entender o que ocorreu e promover as modificações necessárias.
O gigantismo dos carros alegóricos parece ser inevitável devido às dimensões da Sapucaí. Porém, o evento ocorrido durante o desfile da Unidos da Tijuca tem outra característica. A alegoria em questão não era tão grande. Porém, carregava um número expressivo de componentes fazendo coreografias – outro sintoma do Carnaval contemporâneo.
O desabamento do segundo carro alegórico da azul e amarela tem ainda outro aspecto, esse mais preocupante: em vez de se preocupar com o estado de saúde dos desfilantes, diretores estavam imbuídos da tarefa de colocar a alegoria na pista de desfiles a fim de não prejudicar a pontuação da escola. A reação da plateia do setor 1 foi imediata e enfática: uma chuva de latas de cerveja.
Todos sabem da importância do Carnaval para a economia do Rio de Janeiro e, principalmente dos interesses envolvidos, seja da emissora de TV que detém a exclusividade de transmissão, seja dos patrocinadores, agências de turismo e outros prestadores de serviço. Porém, naquele momento, em que pessoas necessitavam de socorro médico, continuar o desfile era algo totalmente impensável. A disputa se tornou apenas um detalhe.
Faz-se necessária uma reflexão do que se tornou o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. O aspecto visual predomina sobre os quesitos que dependem do canto, dança e habilidade de tocar instrumentos. Isso já é fato há mais de 40 anos. O crescimento desordenado dos carros alegóricos é prova viva desse processo. Porém, nada justifica que o desfile não tenha sido interrompido até que as pessoas fossem atendidas de forma digna. Que o relógio parasse e depois o desfile fosse retomado. É inacreditável a disputa insana de espaço entre bombeiros, socorristas e desfilantes. Que a lição seja aprendida para os próximos Carnavais.

Mangueira e Portela são favoritas

Carnaval é uma competição e, na Quarta-feira de Cinzas, conforme previsto, teremos a apuração das notas. Já que o desfile terá que ter uma escola campeã, Mangueira ePortela deverão disputar décimo a décimo o título. A campeã de 2016 fez uma apresentação de plástica irretocável, em mais um grande trabalho de Leandro Vieira. E impulsionada por um bom samba-enredo, desfilou com a tradicional garra. Porém, teve problemas sérios de evolução, com a formação de um buraco à frente ao supermódulo por conta da dificuldade de deslocamento de seu segundo carro alegórico. Já a Portela, em outro grande trabalho de Paulo Barros, fez um desfile bastante técnico, mas com impacto e momentos de emoção. O samba funcionou e a arquibancada gritou “É campeã”.
Mocidade Independente de Padre Miguel fez o seu melhor Carnaval nos últimos 15 anos. Homenageando o Marrrocos, trouxe carros de bom gosto, um ótimo samba-enredo e uma comissão de frente que arrebatou a plateia, com um tapete voador guiado por um drone. Certamente estará no Desfile das Campeãs. Quem também impressionou a União da Ilha. Com o mais belo visual de sua história, fazia um desfile irrepreensível até ter tido problemas com seu quinto carro, que prejudicou sua evolução. Mesmo assim, a tricolor briga por uma vaga entre as campeãs.
A São Clemente fez um desfile marcado pelo requinte no visual, marca registrada da carnavalesca Rosa Magalhães e deverá obter uma boa colocação, a despeito dos problemas com a evolução e com o seu quinto carro. Já a Unidos da Tijuca, com toda a situação decorrente da quebra de seu segundo carro não deverá escapar do rebaixamento – uma ferida dolorosa para uma escola que conquistou três campeonatos nos últimos sete anos.

UOL 








← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

Editorial