quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Adolescente é apreendido acusado de praticar assaltos na Capital

Um adolescente foi apreendido na tarde desta quarta-feira (21) acusado  de praticar assaltos na orla da marítima da Capital.
De acordo com a polícia, a última ação da dupla aconteceu na tarde desta quarta-feira quando eles, ameaçando estarem armados, renderam uma mulher e levaram todos os pertences dela.
A mulher ligou para a polícia e passou as características físicas dos acusados. Policiais militares iniciaram as investigações e buscas e conseguiram apreender um dos responsáveis pelo assalto enquanto que o outro conseguiu escapar.

Paulo Cosme\Repórter Águia

Polícia Federal prende dez pessoas ligadas ao tráfico de drogas do PCC

A Polícia Federal prendeu temporariamente, por 30 dias, prorrogáveis por mais 30, dez pessoas de uma célula ligada à organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Os presos foram conduzidos na manhã de hoje (21) à superintendência da Polícia Federal, em São Paulo, onde prestam depoimento. Os agentes ainda buscam dois suspeitos.
Segundo as investigações, os dez acusados pertenciam a importante grupo criminoso, que recebia drogas e armas do PCC, na capital paulista, e fazia a distribuição na região de Itaquaquecetuba, no interior. A polícia ainda investiga a hierarquia dos acusados dentro da organização criminosa paulista.
A quadrilha foi descoberta a partir de flagrante ocorrido em abril de 2016, quando duas pessoas que atuavam no repasse de armas e drogas ao grupo foram presas no bairro do Ipiranga, zona sul da capital. Na época, foram apreendidos mais de 800 quilos de cocaína, 11 fuzis, duas pistolas, munição e três bloqueadores de celular pela Polícia Federal. As armas entraram no país pela fronteira com o Bolívia.
Os dois principais alvos da operação de hoje são irmãos e traficantes. Os oito restantes exerciam diversas atividades para que os valores e a droga fossem distribuídos. A lavagem de dinheiro era feita por meio de laranjas e empresas de fachada, como revendedora de automóveis, dois açougues e uma igreja, cujo pastor é membro da célula criminosa.
Os investigados serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, cujas penas variam de cinco a 15 anos e de três a dez anos, além de multa. Alguns responderão por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, com reclusão de três a seis anos e multa.
Agência Brasil 

Criança é baleada por dois homens em uma moto em JP

Uma criança e um adulto foram baleados na manhã desta quarta-feira (21) na avenida Marta Pachêco, no Bairro dos Novais, em João Pessoa. 
Os disparos atingiram a perna do adulto e o ombro da criança, onde o projétil acabou transfixando.
Ambos foram resgatados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruz das Armas em carros particulares. 
De acordo com as testemunhas, dois homens em uma moto passaram atirando e fugiram em direção ao Jardim Veneza, que fica do outro lado da avenida.
Atualização (10h16): a criança baleada precisou ser encaminhada para o Hospital de Trauma, no Pedro Gondim.
Atualização 2 (11h40):
De acordo com o boletim do trauma, a criança passou por procedimentos médicos de emergência e segue em observação da Pediatria. o quadro clínico é estável.

Paraiba.com.br

STF dá dez dias para TJ se manifestar sobre bloqueio de R$ 33,9 mi dos cofres do estado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, deu um prazo de dez dias para o Tribunal de Justiça da Paraíba prestar informações sobre o bloqueio de R$ $ 33, 9 milhões dos cofres do estado para pagamento de precatórios. O despacho do magistrado ocorreu em face de uma ação ingressada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) na Corte contestando a decisão da justiça paraibana.
O magistrado também determinou que após a manifestação do Tribunal de Justiça, o processo seja remetido à Advocacia-Geral da União e à Procuradoria-Geral da República para que elas se manifestem no prazo de cinco dias.
O governo do estado alegou que a decisão da Justiça da Paraíba tem inviabilizado o estado de renegociar dívidas com o BNDES, o que geraria uma economia mensal de R$ 5,665 milhões para o estado e anual de R$ 67,98 milhões.
O Tribunal de Justiça, por sua vez, sustenta que o governo não teria repassado os recursos relativos aos meses de fevereiro, março e abril do ano de 2017 para o pagamento de precatórios e que as receitas orçamentárias do estado seriam suficientes para o repasse mensal dos valores devidos a título de precatórios.
A Advogada-Geral da União já se manifestou pelo indeferimento da liminar pleiteada pelo governo na ação.

Paraiba.com.br

Maternidade Frei Damião disponibiliza cuidados especiais para bebês prematuros

O nascimento de um bebê gera uma expectativa de alegria para toda a família, em especial os pais. Porém, nem sempre a gestação sai dentro da normalidade esperada, já que alguns bebês nascem antes do tempo previsto e, por isso, necessitam de cuidados especiais.
O bebê considerado prematuro nasce com menos de 37 semanas. Nessa hipótese, alguns órgãos não estão totalmente formados, a exemplo, dos pulmões e cérebro, o que requer uma assistência e internação hospitalar prolongada, para que o prematuro possa ganhar peso, crescer e mamar de forma adequada.
Na Maternidade Frei Damião, em João Pessoa, que compõe a rede estadual de saúde, uma rede de serviços foi implantada com objetivo de viabilizar uma assistência qualificada aos bebês e pais neste momento delicado. A ideia é colaborar no desenvolvimento e recuperação do prematuro.
A diretora administrativa da unidade de saúde, Morgana Queiroga, ressaltou que “os bebês prematuros em sua rotina hospitalar passam por alguns procedimentos invasivos, aliado a isso, os pais também sofrem com esse cotidiano e realidade. Dentro desse contexto, é uma grande preocupação da maternidade dar todo esse suporte e assistência nesta fase e proporcionar um melhor conforto, inovando com serviços que amenizam esse momento delicado”, defendeu.
Entre os serviços ofertados estão o método canguru, hora do soninho, banho de ofurô, além da shantala e redinha.
De acordo com a enfermeira e coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neonatal), Júlia Martins, para ter acesso aos serviços disponibilizados o bebê prematuro precisa estar interno na unidade de saúde, apresentar quadro de saúde estável e condições de receber o método.
“Entre os benefícios da assistência estão a melhoria no estado clínico, o conforto do bebê e maior vínculo entre a mãe, o prematuro e equipe”, destacou.
Os procedimentos são realizados sempre em acordo com as equipes multiprofissionais, compostas por médicos neonatologistas, enfermeiras intensivistas e neonatologistas, técnicos de enfermagem, fonoaudiólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, além de outros profissionais presentes 24h por dia na unidade de saúde.
A enfermeira ainda orienta sobre a importância do pré-natal na gestação, pois possibilita a identificação dos problemas que podem levar a um parto prematuro.
Informações sobre cada técnica:
Método canguru – Possibilita a um contato maior, pele a pele entre mãe e bebê, além de oferecer um maior conforto e aumentar a participação dos pais no cuidado.
Banho de ofurô –A técnica consiste em um banho no balde apropriado e com água morna. Após seis horas do nascimento, o bebê pode passar pela técnica com a ajuda de um técnico capacitado e deforma cuidadosa. Proporciona ao bebê a sensação de voltar ao útero materno, melhorando cólicas, respiração e o sono.
Hora do soninho – Terapia com música. Na ocasião, a iluminação é reduzida e disponibilizada som ambiente. Mantém o bebê relaxado e contribui para melhoria no quadro clínico, auxilia nos parâmetros cardíacos e reduz a ansiedade materna.
Redinha – Uma iniciativa simples e de baixo custo. É utilizada para relaxar o bebê. A ideia do uso da rede é reproduzir o aconchego do útero da mãe e posicionar o recém-nascido de uma forma que facilite o seu desenvolvimento neurológico. É sugerida como uma posição segura e confortável. Reduz o nível de estresse e é usada em recém-nascidos que não fazem uso de oxigenioterapia.
Shantala – É uma técnica de massagem ayurvédica que pode ser aplicada em bebês com poucos dias de vida, desde que não tenham contra-indicação. Além de relaxar, diminui as cólicas e proporciona ao recém-nascido um sono tranqüilo, além de aumentar o vínculo entre mãe e cuidadores.
Balanço:
De acordo com pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgada em dezembro de 2016, a taxa de prematuridade no país é de 11,5%, quase duas vezes superior à observada nos países europeus.
Secom-PB 

Defensoria Pública e OAB-PB estreitam relações institucionais

O presidente da OAB-PB (Ordem dos Advogados do Brasil, secional Paraíba), Paulo Maia, fez uma visita de cortesia à defensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes, com o objetivo de estreitar as relações entre as duas instituições. Durante o encontro, foram debatidos temas como o congelamento do orçamento da Defensoria Pública da Paraíba (DPPB), imposto pelo Executivo, as dificuldades enfrentadas pelo órgão para assegurar a manutenção dos serviços à população carente e a atuação dos advogados dativos.

O encontro aconteceu na sede da DPPB, em João Pessoa, na segunda-feira (19), e também contou com a presença do subdefensor geral Otávio Araújo, do presidente da Associação Paraibana dos Defensores Públicos, Ricardo Barros, do defensor público Gerardo Rabello e da assessora jurídica da DPPB, Ciane Feliciano, que também é conselheira estadual da OAB-PB. Durante a reunião, a Ordem dos Advogados também foi representada pelo secretário geral Assis Almeida e o chefe de gabinete Gervásio Farias.
INTERESSE SOCIAL
Segundo Madalena Abrantes, o estreitamento da relação entre as duas instituições tem como principal objetivo o interesse social. “Essa visita mostra a disposição da Ordem de estreitar os laços com a Defensoria em prol da sociedade em geral”, declarou a defensora geral, ressaltando o prestígio da OAB-PB e a necessidade de que a instituição também se empenhe na luta pela Defensoria Pública.
 O presidente da OAB-PB também comentou sobre o encontro, destacando a necessidade de manter a boa relação entre as duas instituições, especialmente “no sentido de continuação das ações de reforço da política da OAB nas pautas da Defensoria, sobretudo do aprimoramento e da nomeação dos concursados, da valorização da atuação da Defensoria em defesa das pessoas mais hipossuficientes e vulneráveis”. 

Essa atuação se faz necessária, acrescentou Paulo Maia, para “que nós possamos, junto ao governo do Estado, postular em favor da Defensoria Pública do Estado da Paraíba o incremento por melhores condições de trabalho em todos os sentidos – de estrutura e pessoal –, para que ela possa melhor atender as suas finalidades institucionais”.
SOBRE OS ADVOGADOS DATIVOS
Durante o encontro, o tema da nomeação de defensores concursados e da contratação de advogados dativos pelo Estado também foi tratado. Segundo Paulo Maia, a pauta da DPPB em relação à nomeação dos concursados é legítima, mas a atuação da OAB-PB em favor da advocacia dativa não é de oposição à Defensoria Pública.
“O processo de estruturação, aprimoramento e fortalecimento da Defensoria Pública na Paraíba não é instantâneo, imediato, que se resolve num piscar de olhos, é uma construção. Por isso, entendemos que até que a Defensoria Pública possa se estruturar em sua plenitude na Paraíba, a função da advocacia dativa, que é meramente supletiva e subsidiária a da Defensoria Pública, não pode ser negligenciada ou, pior, abandonada, sob pena de prejuízo ao jurisdicionado, carecendo atualmente de sua disciplina em nosso Estado", declarou.
Em fevereiro de 2017, a defensora geral Madalena Abrantes comunicou ao Tribunal de Justiça da Paraíba que os advogados dativos, nomeados em Termos de Audiência para prestar assistência judiciária gratuita, não mais seriam custeados pela Defensoria Pública, devido à falta de autorização legal, devendo esse pagamento ser feito pelo Tesouro Estadual.

"Além de configurar flagrante desvio da missão institucional da Defensoria Pública, a nomeação de advogados dativos (nomeados somente para uma única causa, sem ter passado por nenhum certame) custou R$ 368,5 mil aos cofres da DPPB somente nos anos de 2014 e 2015 e não temos orçamento para isso”, afirmou Madalena Abrantes.
O presidente da OAB-PB (Ordem dos Advogados do Brasil, secional Paraíba), Paulo Maia, fez uma visita de cortesia à defensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes, com o objetivo de estreitar as relações entre as duas instituições. Durante o encontro, foram debatidos temas como o congelamento do orçamento da Defensoria Pública da Paraíba (DPPB), imposto pelo Executivo, as dificuldades enfrentadas pelo órgão para assegurar a manutenção dos serviços à população carente e a atuação dos advogados dativos.

O encontro aconteceu na sede da DPPB, em João Pessoa, na segunda-feira (19), e também contou com a presença do subdefensor geral Otávio Araújo, do presidente da Associação Paraibana dos Defensores Públicos, Ricardo Barros, do defensor público Gerardo Rabello e da assessora jurídica da DPPB, Ciane Feliciano, que também é conselheira estadual da OAB-PB. Durante a reunião, a Ordem dos Advogados também foi representada pelo secretário geral Assis Almeida e o chefe de gabinete Gervásio Farias.
INTERESSE SOCIAL
Segundo Madalena Abrantes, o estreitamento da relação entre as duas instituições tem como principal objetivo o interesse social. “Essa visita mostra a disposição da Ordem de estreitar os laços com a Defensoria em prol da sociedade em geral”, declarou a defensora geral, ressaltando o prestígio da OAB-PB e a necessidade de que a instituição também se empenhe na luta pela Defensoria Pública.
 O presidente da OAB-PB também comentou sobre o encontro, destacando a necessidade de manter a boa relação entre as duas instituições, especialmente “no sentido de continuação das ações de reforço da política da OAB nas pautas da Defensoria, sobretudo do aprimoramento e da nomeação dos concursados, da valorização da atuação da Defensoria em defesa das pessoas mais hipossuficientes e vulneráveis”. 

Essa atuação se faz necessária, acrescentou Paulo Maia, para “que nós possamos, junto ao governo do Estado, postular em favor da Defensoria Pública do Estado da Paraíba o incremento por melhores condições de trabalho em todos os sentidos – de estrutura e pessoal –, para que ela possa melhor atender as suas finalidades institucionais”.
SOBRE OS ADVOGADOS DATIVOS
Durante o encontro, o tema da nomeação de defensores concursados e da contratação de advogados dativos pelo Estado também foi tratado. Segundo Paulo Maia, a pauta da DPPB em relação à nomeação dos concursados é legítima, mas a atuação da OAB-PB em favor da advocacia dativa não é de oposição à Defensoria Pública.
“O processo de estruturação, aprimoramento e fortalecimento da Defensoria Pública na Paraíba não é instantâneo, imediato, que se resolve num piscar de olhos, é uma construção. Por isso, entendemos que até que a Defensoria Pública possa se estruturar em sua plenitude na Paraíba, a função da advocacia dativa, que é meramente supletiva e subsidiária a da Defensoria Pública, não pode ser negligenciada ou, pior, abandonada, sob pena de prejuízo ao jurisdicionado, carecendo atualmente de sua disciplina em nosso Estado", declarou.
Em fevereiro de 2017, a defensora geral Madalena Abrantes comunicou ao Tribunal de Justiça da Paraíba que os advogados dativos, nomeados em Termos de Audiência para prestar assistência judiciária gratuita, não mais seriam custeados pela Defensoria Pública, devido à falta de autorização legal, devendo esse pagamento ser feito pelo Tesouro Estadual.

"Além de configurar flagrante desvio da missão institucional da Defensoria Pública, a nomeação de advogados dativos (nomeados somente para uma única causa, sem ter passado por nenhum certame) custou R$ 368,5 mil aos cofres da DPPB somente nos anos de 2014 e 2015 e não temos orçamento para isso”, afirmou Madalena Abrantes.
Assessoria 

Brasil tem 117 mil milionários, com R$ 964 bilhões aplicados, diz Anbima

Os brasileiros de alta renda - aqueles com pelo menos R$ 1 milhão em aplicações financeiras e atendidos especificamente pelo canal de private banking - somaram 117.421 clientes em 2017 e fecharam o ano passado com R$ 964 bilhões investidos no país, segundo divulgou nesta terça-feira (21) a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).
O número representa um acréscimo de 4,8% ou de mais de 5 mil contas na comparação com 2016, quando o Brasil somou 112.036 milionários com R$ 831,6 bilhões em aplicações.
O total de R$ 964 bilhões investidos por esses milionários em 2017 representa 36% de todo o investimento de pessoas físicas no Brasil, que totalizou R$ 2,658 trilhões em dezembro do ano passado, segundo a Anbima, que consolida os investimentos das 73,7 milhões de contas dos segmentos de varejo e de private banking das instituições do país.
Entre os instrumentos, destaque ao aumento das aplicações em fundos multimercados (24,4%), em ativos de renda variável (38,8%) e em previdência aberta (27,6%). Apenas a carteira de ativos de renda fixa teve queda em 2017, por conta da menor alocação em títulos bancários (-24%) e em ativos com lastro imobiliário (-3%).
Segundo a Anbima, ao final de 2017, 46,3% dos ativos geridos pelo private banking estavam aplicados em fundos de investimento, com destaque para os fundos de ação, que tiveram crescimento de 117,1%. A participação das aplicações em ativos de renda fixa caiu para 28%, ante 33,8% no ano anterior, refletindo a menor atratividade da taxa de juros. Na sequência, renda variável ficou com 15,1% das aplicações e previdência privada com 10%.
G1 

TRF-4 determina sequestro de bens das filhas e enteada de Palocci

Os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) determinaram nesta quarta-feira (21) o sequestro de bens da filha e da enteada do ex-ministro Antonio Palocci. Condenado em primeira instância a 12 anos, 2 meses e 20 dias, por envolvimento no esquema de corrupção da Odebrecht, o petista está preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.
"Entendo cabível o sequestro dos imóveis em nome das filhas e da enteada do acusado. Existem indícios suficientes da origem ilícita dos bens. Dou provimento ao recurso ministerial", afirmou o relator da Lava Jato em segunda instância, desembargador João Pedro Gebran Neto, na sessão de julgamento do recurso do Ministério Público Federal (MPF) no TRF-4, em Porto Alegre.
O voto dele foi acompanhado dos outros dois desembargadores Nivaldo Brunoni e Antônio Bochenek. Eles substituem Victor Laus e Leandro Paulsen no colegiado, ambos de férias.
Conforme o MPF, as filhas e enteada adquiriram apartamentos em bairros nobres de São Paulo com dinheiro de propina recebida por Palocci. O advogado do ex-ministro, porém, diz que a "doação foi oficialmente declarada".
"E mais um fato: o MPF jamais pediu a abertura de investigação sobre isso", afirmou Alessandro Silvério durante a sustentação oral.
Palocci foi denunciado pelo MPF em duas ações penais por corrupção e lavagem de dinheiro. Em um dos processos, ele é suspeito de irregularidades na obtenção pela Odebrecht de contratos de afretamento de sondas para a Petrobras. No outro, é acusado de intermediar pagamento de propina por meio da compra do terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula e do apartamento vizinho ao do ex-presidente Lula em São Bernardo do Campos, no ABC Paulista.
Palocci foi condenado no primeiro processo pelo juiz federal Sérgio Moro. Elenega as acusações e a defesa aponta inconsistências nas delações de ex-executivos da Odebrecht.
Moro decidiu que o político não poderia recorrer em liberdade. A defesa do petista já pediu liberdade no TRF-4, e os pedidos foram negados.
Palocci foi deputado federal pelo PT, ministro da Fazenda entre 2003 e 2006, no governo Lula, e ministro da Casa Civil no governo Dilma, em 2011.
G1 

Ipea: inflação de janeiro subiu menos para os mais pobres

O Indicador de Inflação por Faixa de Renda, divulgado hoje (21) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), indica que a taxa de janeiro ficou menor para a parcela mais pobre da população, atingindo 0,23% nos preços de bens e serviços, enquanto para os mais ricos, a inflação foi maior e atingiu 0,36%.
Segundo a técnica de Planejamento e Pesquisa do Ipea, Maria Andréia Parente Lameiras, responsável pelo estudo, essa tendência de inflação mais baixa para os mais pobres começou em 2017, muito influenciada pelos preços dos alimentos. Diane da perstpectiva de aceleração dos preços dos alimentos, os pesquisadores do Ipea esperavam que esse movimento fosse sofrer algum tipo de reversão. “Só que nos dois últimos meses (dezembro de 2017 e janeiro de 2018), mesmo com alta de alimentos, outros preços que têm peso grande no consumo dos mais pobres vieram mais comportados”, disse Maria Andréia.
É o caso de energia elétrica, por exemplo, item que pesa muito mais no orçamento dos mais pobres que no dos mais ricos. Com a retirada da bandeira tarifária, os preços de energia caíram em dezembro e voltaram a cair em janeiro. As tarifas de energia elétrica em janeiro tiveram deflação de 4,3%: “isso impactou mais a inflação dos mais pobres”.
Segundo a responsável pelo estudo, esse movimento de desaceleração da inflação dos mais pobres continua no começo do ano, não mais por conta dos alimentos, mas pelas tarifas públicas. “Mas, de qualquer maneira, está fazendo com que a inflação dos mais pobres continue em um patamar bem abaixo dos mais ricos", disse ela à Agência Brasil.
Maria Andréia observou, por outro lado, que a inflação dos mais ricos está um pouco mais “amarrada”, uma vez que preços de mensalidades escolares e de planos de saúde pesam muito no orçamento dessas famílias de maior renda. “Esses serviços pesam muito no orçamento das famílias mais ricas e não têm caído como os demais itens que compõem a inflação”. Isso fez com que a diferença entre os mais pobres e os mais ricos tenha aumentado ao longo do tempo.
No comparativo dos últimos 12 meses, o Ipea constatou que a inflação das famílias de renda muito baixa teve queda maior, caindo de 6%, em 2016, para 2,1%, enquanto para as famílias com renda maior, a inflação diminuiu de 5,5% para 3,7%.
Expectativas
Para o Ipea, a tendência é de que o movimento de inflação menor para os mais pobres continue em 2018. Maria Andréia alertou, entretanto, que o gap, isto é, a diferença do índice entre uma classe e outra, tende a se estreitar ao longo do ano, devido aos alimentos, cujos preços mostram tendência de alta e, em consequência, vão afetar mais os mais pobres. “Fora isso, a gente espera também que alguns preços de serviços que estão muito altos e estão impedindo uma queda de inflação dos mais ricos cedam um pouco mais em 2018”.
Maria Andréia adiantou que os dados do Índice de Preços do Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro já vão trazer reajuste das mensalidades escolares. “A gente espera que os reajustes em 2018 tenham sido menores do que foi em 2017. Então, o item de mensalidade escolar que pesa muito para os mais ricos e praticamente não pesa nada para os mais pobres, porque a maioria da população mais pobre não tem filho em colégio particular, se ele desacelerar vai ajudar a inflação dos mais ricos a desacelerar também”.
De acordo com a metodologia da pesquisa, são consideradas mais pobres as famílias com renda mensal abaixo de R$ 900 e, mais ricas as famílias com renda mensal acima de R$ 9 mil.
Agência Brasil 

Cadernetas de poupança ocupam a segunda opção na preferência por investimentos

Depois de cair 1% dois anos atrás, as aplicações em cadernetas de poupança deram uma reviravolta, no ano passado, com expressivo crescimento de 9% e montante no valor de R$ 665,7 bilhões.Em 2016, o volume de captações tinha aumentando apenas 1%. Foi o segundo tipo de investimento mais procurado pelos brasileiros, segundo aponta o relatório divulgado hoje (21) pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima).
O levantamento mostra que, paralelamente ao processo de retomada da economia e de queda gradual na taxa de juros básica da economia (a Selic), os Fundos de Investimentos lideraram a preferência com alta de 27% , alcançando R$ 984,5 bilhões, enquanto os títulos e valores mobiliários caíram 1%, somando R$ 912 bilhões.
No total, as aplicações em produtos financeiros somaram R$ 2,7 trilhões, valor 11,8% superior ao registrado em 2016, e referem-se aos investimentos das 73,7 milhões de contas dos segmentos de varejo e de private banking das instituições do país.
De acordo com a análise técnica da Anbima, o recuo de 1% nos investimentos em títulos e valores mobiliários reflete a posição de desvantagem na rentabilidade diante da "recente mudança regulatória [que] afetou o acesso aos papéis".
Quanto à liderança dos fundos de investimentos, o presidente do Comitê de Varejo da Anbima, José Rocha, justificou que com a queda dos juros, os investidores estão migrando para opções mais diversificadas, inclusive com mais risco. “O resultado reflete a procura cada vez maior dos investidores por produtos mais sofisticados com mais riscos envolvidos, principalmente entre o varejo alta renda, como efeito da queda dos juros”.
Agência Brasil 

Morre Billy Graham, pastor mais influente dos Estados Unidos

O evangelista americano Billy Graham, conselheiro espiritual de diversos presidentes que pregou para milhares de pessoas no mundo todo, morreu nesta quarta-feira (21) aos 99 anos.
William Franklin Graham Jr. morreu em sua casa em Montreat, na Carolina do Norte, de acordo com Jeremy Blume, porta-voz da Associação Evangélica Billy Graham.
raças a seu carisma, Graham conseguiu atrair as massas, que o seguiam através de seus programas de rádio e televisão. Ele propagava sua mensagem também por linhas telefônicas e satélites.
Cerca de 77 milhões de pessoas o assistiram pessoalmente e outras 215 milhões viram seus discursos pela TV ou por links via satélite, disse um porta-voz.
O reverendo se tornou capelão não oficial da Casa Branca para todos os presidentes desde Harry Truman (1945-1953), além de ter se encontrado com diversos líderes mundiais.
G1 

Queda de ônibus em abismo mata pelo menos 30 pessoas no Peru

Pelo menos 30 pessoas morreram e outras 17 ficaram gravemente feridas nesta quarta-feira (21) depois que um ônibus de passageiros virou e caiu em um abismo na região de Arequipa, no sul do Peru, informaram fontes oficiais.
O acidente aconteceu esta madrugada na altura do quilômetro 780 da estrada Pan-Americana Sul nas proximidades da ponte Ocoña, na cidade de Camaná.
A chefe do Escritório de Defesa Nacional e Civil do Governo Regional de Arequipa, Jacqueline Choque, informou ao "Canal N" de televisão que os mortos são, pelo menos, 30, enquanto fontes da Polícia Nacional indicaram que as vítimas fatais chegariam a 36.
O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, afirmou em mensagem na sua conta oficial no Twitter que as autoridades ativaram imediatamente todos os protocolos para atender esta emergência.
"As minhas condolências aos familiares das vítimas do acidente de trânsito em Arequipa. Desde o ocorrido, foram ativados todos os procedimentos para o apoio imediato do resgate e transferência das vítimas para os hospitais mais próximos", afirmou.


Segundo a informação, o ônibus caiu, por causas ainda não conhecidas, numa curva acentuada da estrada para um abismo de cerca de 200 metros até chegar quase ás margens do rio Ocoña.
No veículo viajavam, pelo menos, 15 crianças, embora ainda se desconheça o número total de passageiros, já que o veículo aparentemente recolheu várias pessoas durante o seu trajeto.
A governadora da região, Yamila Osorio, informou que o Centro de Operações de Emergência Regional (COER) "vem trabalhando desde a madrugada, coordenando a transferência e atendimento de feridos".
"As minhas condolências às famílias de todas as pessoas mortas por este fatal acidente", afirmou Yamila em mensagem no Twitter.
G1 

Morre cão que zelou por túmulo do seu dono durante 10 anos

Capitán, o cachorro que durante mais de uma década velou o túmulo do seu dono na cidade argentina de Villa Carlos Paz, na província de Córdoba, morreu no mesmo cemitério no qual repousam os restos de seu antigo companheiro, informou nesta terça-feira (20) a imprensa local.
"Nunca vi uma coisa tão fiel", disse Marta Clot, florista do cemitério, ao lembrar entre lágrimas de Capitán, um vira-lata que, com cerca de 16 anos, apareceu morto no banheiro do cemitério após um período no qual já caminhava com dificuldades e tinha perdido parte da visão.
O cão foi o presente-surpresa que Miguel Guzmán deu ao seu filho Damián em 2005.
No entanto, em março do ano seguinte, Miguel morreu e o animal desapareceu da casa da família, embora tenha retornado pouco tempo depois e ficado na rua, perto do imóvel durante alguns dias, segundo relatou em 2012 o diretor do cemitério, Héctor Baccega.
Depois, desapareceu de forma definitiva e a família pensou que tinha morrido ou sido adotado por outra pessoa, até que um dia o encontraram no cemitério, sobre o túmulo de Miguel.
Segundo contavam os frequentadores do lugar, Capitán perambulava pelo cemitério e, ao entardecer, buscava o túmulo do seu dono para dormir. "Costumava dormir no túmulo, mas no final quase não subia pelo problema que tinha no quadril, estava muito frágil", contou Clot. "Só faltava falar, era um doce total", acrescentou a mulher, que se encarregou de alimentar e dar a medicação ao cachorro até o fim dos seus dias.
A ideia, agora, é que como Capitán passou sua vida no cemitério, seja também ali onde descansem os seus restos, embora para isso seja necessária uma autorização das autoridades locais.
G1 

De topless, Fani Pacheco cobre os seios em ensaio sensual


Fani Pacheco compartilhou um clique sensual em seu Instagram. A ex-BBB posou para as lentes de Bruna Basílio para o portal Spicy Fire.
Participante do Big Brother Brasil 7, Fani já contou se sentir mais realizada com as novas curvas - na época do programa, ela tinha 65 quilos e hoje pesa 20 a mais.
"Recebo muitas mensagens pelo Instagram e Facebook contando as histórias reais delas. É muito legal porque é um desabafo e uma libertação quando a pessoa consegue falar em público sobre as suas dores, mágoas, sobre como a sociedade e a nossa própria família nos enxerga quando estamos acima do peso. É como se tivesse algo errado. Não tem nada de errado", contou ela a QUEM no final do ano passado.
Fani acredita que sua vida pública passou a ter mais sentido quando percebeu sua influência positiva sobre os seus fãs.
"Recebo muitas mensagens pelo Instagram e Facebook contando as histórias reais delas. É muito legal porque é um desabafo e uma libertação quando a pessoa consegue falar em público sobre as suas dores, mágoas, sobre como a sociedade e a nossa própria família nos enxerga quando estamos acima do peso. É como se tivesse algo errado. Não tem nada de errado", diz.
"Muita gente me para na rua para me abraçar e agradecer por eu mostrar que não precisa estar nos padrões para ser bonita. Sinto que a minha vida pública faz mais sentido", conta ela que se emocionou com o depoimento de uma mulher que se inspirou nela e criou coragem para usar finalmente biquíni na praia."
A loira conta que ao mesmo tempo que ajuda as pessoas, tem sido motivada por elas. "Passei a me amar mais e me valorizar de dentro para fora depois que vi meus fãs me aceitarem e me dei conta de que muitas mulheres passavam por essa autocobrança de estar no padrão imposto. Me senti confortável desde então de falar sobre isso e dividir isso com outras mulheres que estavam passando pela mesma  autocobrança e crise existencial", explica.
Fani Pacheco (Foto: Bruna Basílio/Reprodução )
Fani Pacheco (Foto: Bruna Basílio/Reprodução )
Fani Pacheco (Foto: Bruna Basílio/Reprodução )
Fani Pacheco (Foto: Bruna Basílio/Reprodução )
Fani Pacheco (Foto: Bruna Basílio/Reprodução )

MC Loma é ofendida por socialite racista e rebate: 'devolve o nariz do Michael Jackson'

Escama só de peixe! MC Loma não se intimidou e rebateu os ataques da socialite Day McCarthy, que voltou a causar polêmica depois de, em 2017, atacar Titi, a filha deGiovanna Ewbank e Bruno Gagliasso
Na web, Day voltou a tecer comentários racistas e xenofóbicos à funkeira do hit Envolvimento. "Essa voz dela é irritante", postou a socialite. "Sotaque feio", escreveu depois. Loma respondeu sem pensar duas. "Sua cara é amassada e nem por isso eu saio comentando e fazendo vídeos falando de você. E outra, devolve o nariz do Michael Jackson e faz uma plástica, tá?".
Não satisfeita, a socialite ainda escreveu: "Prefiro parecer o Michael Jackson do que parecer um macaco". Loma, então, lacrou na resposta. "Olha aí que ruim, porque você parece os dois". Uaai, cebruthius!

MC Loma rebate Day McCarthy na web (Foto: Reprodução)
MC Loma rebate Day McCarthy na web (Foto: Reprodução)
Quem 

Coreógrafa e escritora Isabel Marques fará palestra para gestores de educação

O Centro Estadual de Arte (Cearte) realizará, nesta quinta-feira (22), às 14h, palestra com o tema Ensino da Arte e Linguagem. A palestra será ministrada pela renomada escritora e coreógrafa Isabel Marques. O encontro tem entrada franca e é aberto aos professores das redes estadual, municipal e federal e a todos os gestores culturais. A palestra será realizada no Espaço Cultural na Sala de Concerto e é promovida pela Secretaria de Educação do Estado.

O intuito do encontro é ampliar a discussão sobre a importância do conhecimento artístico na formação dos alunos. Para se inscrever para a palestra basta entrar no evento criado no Facebook da instituição ou acessar o link: encurtador.com.br/nE019

A diretora do Cearte, Laura Moreno, filosofa sobre o tema: “Fazer e ensinar fazer já é resistir, imagina fazer e ensinar Arte! Que loucura, não? Que ousadia? Num país de memória e realidade de permanente recriação da escravatura, de distorções permanentes da realidade, fazer e ensinar Arte é uma transgressão, é inverter a ordem estabelecia, é acreditar no potencial criativo e expressivo do ser humano. É gritar por vida! E linguagem é o bastão”.

Ainda segundo Laura, a Formação Continuada do Cearte é um espaço destinado para pensar criticamente as práticas pedagógicas no ensino de arte, trocar experiências e buscar pontos de orientação que permitam o desenvolvimento da Escola.

Vale ressaltar que o Cearte é uma Escola de Arte e se configura como um centro de formação com oferta de cursos livres, técnicos e de extensão. Neste semestre, abriu 2300 vagas nas áreas de Arte Visual, Áudio Visual, Dança, Teatro e Música.  

Sobre Isabel Marques
A professora Isabel Marques é coreógrafa, escritora e diretora de dança que fundou e dirige o Caleidos Cia, desde 1996. Com Fábio Brasil dirige também o Instituto Caleidos. A Companhia de Dança tem sede em São Paulo. Marques é formada em pedagogia e é doutora em educação pela USP. Mestra pelo Trinity Laban Centre for Moviment of Dance de Londres. 

Serviço:
Palestra com Isabel Marques
Tema: Ensino de Arte e Linguagem
Local: Espaço Cultural José Lins do Rego
Sala de Concerto
Dia e Hora: Quinta-feira, às 14hs
Entrada: Aberta a todos os professores das redes municipal, estadual, federal e gestores culturais. 
Link para inscrição: encurtador.com.br/nE019
Assessoria 

Maior São João do Mundo confirma Safadão, Elba, Santanna e Fábio de Melo

Os forrozeiros de plantão podem começar a contagem regressiva, pois faltam 100 dias para o Maior São João do Mundo 2018, em Campina Grande. O evento vai acontecer de 1º de junho a 1º de julho. Entre os nomes já confirmados para a festa estão Wesley Safadão, Santanna, Elba Ramalho e o Padre Fábio de Melo, além de artistas locais como Amazan. Toda a programação vai ser divulgada pela prefeitura até o dia 15 de março.
Segundo a prefeitura e a empresa responsável pela organização do evento, este ano, o São João vai permanecer no Parque do Povo. A intenção da prefeitura de Campina Grande era levar a festa para um novo espaço que iria oferecer uma área maior em metros quadrados e melhor estrutura. Porém, a não conclusão do processo de licitação impossibilitou a mudança. O G1 fez um levantamento de como deve ser o São João deste ano, mostrando tudo que você precisa saber.
Nos eventos privados, que ocorrem de forma paralela ao Maior São João do Mundo, também foram confirmados shows de Aviões do Forró, Jorge e Matheus, Gusttavo Lima, Márcia Fellipe, Gabriel Diniz, Flávio José, Bell Marques, Durval Lelys, Harmonia do Samba, Magníficos, Dorgival Dantas, Luan Estlizado, Avine Vinny, Eliane, Saia Rodada, Felipe Araújo, Cleber e Kauan, Thiago Brava, Wallas Arais, Matheus e Kauan, Jonas Esticado, Geraldinho Lins, Pedrinho Pegação e Walkyria Santos. Confira mais detalhes sobre eventos privados, no fim da matéria.
Vai ser no PP
Festa seria transferida para novo espaço, mas vai continuar no Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação)Festa seria transferida para novo espaço, mas vai continuar no Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação)
Estrutura
Evento vai manter tradição de reproduções cenográficas, mas deve aderir mais tecnologia (Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação)Evento vai manter tradição de reproduções cenográficas, mas deve aderir mais tecnologia (Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação)
No Parque do Povo, de acordo com a Aliança, a estrutura de estabelecimentos na festa vai ser a mesma do ano passado, contando com 8 restaurantes, 25 barracas de alimentação, 16 barracas da Vila Nova da Rainha, 112 bares, 10 barracas na Pirâmide e duas palhoças: Seu Vavá e Zé Lagoa. Também vai ser mantido o isolamento lateral na Rua Sebastião Donato, deixando uma faixa da via livre para os carros.
Palco 360º
Palco no formato 360º vai ser mantido, porém deve ser menor para melhorar espaço ao público (Foto: Kamylla Lima/G1)Palco no formato 360º vai ser mantido, porém deve ser menor para melhorar espaço ao público (Foto: Kamylla Lima/G1)
Frontstage
Area do frontstage do palco principal vai ter cobertura no Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação)Area do frontstage do palco principal vai ter cobertura no Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Demétrio Costa e Emanuel Tadeu/Top Midia Comunicação)
Outra novidade pro São João deste ano é que o setor frontstage (área reservada na frente do palco) vai ser coberta, oferecendo mais conforto. Apesar de ter um setor frontstage, que será particular, o público geral não será prejudicado, pois o formado do palco vai contemplar todos os lados.
Atrações
Santanna, que havia ficado de fora do São João 2017, foi confirmado para o evento em 2018.  (Foto: Luna Markman/G1)Santanna, que havia ficado de fora do São João 2017, foi confirmado para o evento em 2018. (Foto: Luna Markman/G1)
Sítio São João
Sítio São João reproduz como eram as cidades do Sertão Nordestino na década de 1940 (Foto: Rafael Melo/G1/Arquivo)Sítio São João reproduz como eram as cidades do Sertão Nordestino na década de 1940 (Foto: Rafael Melo/G1/Arquivo)
Em 2018, o Sítio São João está de novo endereço. A estrutura já está sendo montada na Avenida Floriano Peixoto, próximo ao ginásio de esportes O Meninão, no bairro Dinamérica. O sítio retrata a zona rural de uma cidade do Sertão do Nordeste da década de 1940, contando com casa de engenho, réplica das igrejinhas, capela, casa de farinha, bodega, a rádio difusora, uma tipografia e outros ambientes característicos do Nordeste.
O novo espaço é maior que o usado em 2017 e vai proporcionar um passeio mais confortável. O local também vai receber apresentações de bandas e trios de forró pé-de-serra. Até o ano passado, para entrar no local era necessário pagar um ingresso. Porém, alunos de escolas públicas com horários agendados não pagavam. Os valores deste ano ainda não foram definidos.
Trem do Forró
Locomotiva do Forró faz passeios entre Campina Grande e Galante com trios dentro dos vagões (Foto: Rafael Melo/G1/Arquivo)
Locomotiva do Forró faz passeios entre Campina Grande e Galante com trios dentro dos vagões (Foto: Rafael Melo/G1/Arquivo)
O prefeito de Campina Grande confirmou a realização do Locomotiva do Forró, porém as datas ainda não foram confirmadas, pois depende de algumas definições da empresa que ficará responsável pelo trem.
Nas viagens, o trem sai da Estação Velha de Campina Grande pela manhã e segue para o distrito de Galante, na zona rural, onde passa o dia. Em Galante é montada uma estrutura com restaurantes, bares e shows em palco para receber os passageiros. O retorno ocorre por volta no fim da tarde.
Em cada trecho (ida ou volta), o percurso é de 20 quilômetros e dura cerca de 2 horas e meia. O trem tem nove vagões livres, onde os passageiros podem ficar em pé e dançar. Em cada vagão vai um trio de forró pé-de-serra e os passageiros podem passar de um para o outro.
Ônibus do Forró
Forró Bus faz passeio por pontos turísticos de Campina Grande (Foto: Artur Lira / G1/Arquivo)Forró Bus faz passeio por pontos turísticos de Campina Grande (Foto: Artur Lira / G1/Arquivo)
Quadrilhas juninas
Concurso de quadrilhas juninas vai acontecer na Pirâmide do Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Reprodução/TV Paraíba/Arquivo)Concurso de quadrilhas juninas vai acontecer na Pirâmide do Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Reprodução/TV Paraíba/Arquivo)
Em Campina Grande, as quadrilhas juninas já estão ensaiando desde setembro do ano passado para as competições de 2018. As datas de algumas disputas já foram divulgadas e começam a partir de 6 de junho. As competições em Campina Grande vão acontecer na Pirâmide do Parque do Povo.
Segundo o presidente da Associação das Quadrilhas Juninas de Campina Grande, Asquaju-CG, Lima Filho, uma novidade para este ano será a disputa da “Rainha da Diversidade”, onde homossexuais vão poder disputar o título de rainha junina. Além da etapa em Campina Grande, essa modalidade vai ter uma disputa a nível nacional.
Shows privados
Entre os eventos privados realizados pelas casas de shows e restaurantes, o Spazzio, Villa Forró, Bar do Cuscuz e Clube Campestre já divulgaram atrações para o período do São João e algumas datas já foram confirmadas. Os ingressos já devem começar a ser vendidos a partir de março.
A dupla Matheus e Kauan se apresenta no Spazzio, em Campina Grande, no dia 22 de junho. (Foto: Érico Andrade/G1)A dupla Matheus e Kauan se apresenta no Spazzio, em Campina Grande, no dia 22 de junho. (Foto: Érico Andrade/G1)

Spazzio


Matheus e Kauan, Jonas Esticados e Geraldinho Lins fazem show na casa de festas Spazzio, em Campina Grande, no dia 22 de junho.
Gusttavo Lima faz show na Vila Forró, em Campina Grande, no dia 23 de junho (Foto: Gustavo H./Divulgação)Gusttavo Lima faz show na Vila Forró, em Campina Grande, no dia 23 de junho (Foto: Gustavo H./Divulgação)

Vila Forró

No dia 23 de junho, começa a programação de shows particulares na Vila Forró com Aviões do Forró, Gusttavo Lima, Márcia Fellipe e Avine Vinny. Já no dia 24 de junho (Dia de São João), a Vila Forró traz Wesley Safadão, Gabriel Diniz, Dorgival Dantas e Pedrinho Pegação.
Durval Lelys foi confirmado para o dia 17 de junho, no Bar do Cuscuz, em Campina Grande (Foto: Social Music/G1/Divulgação)Durval Lelys foi confirmado para o dia 17 de junho, no Bar do Cuscuz, em Campina Grande (Foto: Social Music/G1/Divulgação)

Bar do Cuscuz

Animando os forrozeiros já com prévias, a partir de maio, o Bar do Cuscuz vai promover shows de Avine Vinny, Luan Estilizado, Eliane, Saia Rodada, Felipe Araújo, Cleber e Kauan, Thiago Brava, Harmonia do Samba e Wallas Arrais. Para o mês de junho, o único show com data confirmada é o de Durval Lelys, no dia 17.
Bell Marques puxa bloco Namoradrilha pelas ruas de Campina Grande cantando axé e forró em 3 de junho (Foto: Joilson César/Ag Haack)Bell Marques puxa bloco Namoradrilha pelas ruas de Campina Grande cantando axé e forró em 3 de junho (Foto: Joilson César/Ag Haack)

Namoradrilha

Outro evento que arrasta um grande público durante o período do Maior São João do Mundo é o bloco Namoradrilha do Spazzio, com Bell Marques. O bloco faz um circuito semelhante ao que era feito na época da Micarande (extinta micareta de Campina Grande). No trio, Bell Marques traz um repertório misto tocando sucessos de axé e canções em ritmo de forró.
Flávio José foi confirmado no São João do Campestre, no mês de junho, em Campina Grande (Foto: Kamylla Lima/G1/Arquivo)Flávio José foi confirmado no São João do Campestre, no mês de junho, em Campina Grande (Foto: Kamylla Lima/G1/Arquivo)
No mês de junho também vai acontecer o São João do Clube Campestre. O evento vai acontecer no dias 9, 16 e 23 de junho. Até o momento já foram confirmados shows de Walkyria Santo, Banda Magníficos e Flávio José.
Hospedagens
Hotéis vão começar a liberar pacotes de hospedagens para o São João, a partir de março (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba/Arquivo)Hotéis vão começar a liberar pacotes de hospedagens para o São João, a partir de março (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba/Arquivo)
Hotéis vão começar a liberar pacotes de hospedagens para o São João, a partir de março (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba/Arquivo)
O período do Maior São João do Mundo é o que proporciona o maior movimento nos hotéis de Campina Grande e, em alguns dias, as vagas chegam a esgotar. Mas, para quem pretende se hospedar na cidade para o São João é preciso um pouco mais de paciência. Isso porque os pacotes de São João só vão começar a ser vendidos a partir de março. No ano passado, as diárias variavam de R$ 39 a R$ 1,4 mil dependendo do hotel e do dia.
Segundo o Sindicato do Hotéis e Pousadas de Campina Grande, a cidade conta com uma rede filiada de 40 estabelecimentos de hospedagens, sendo 19 Hotéis e 11 pousadas e motéis, totalizando 3.186 leitos, sendo que 92% das vagas foram reservadas e já estão confirmadas, segundo o sindicato. Para os fins de semana quase 100% de ocupação está confirmada.
Hospedagem alternativa
Outra opção para é a hospedagem alternativa. Durante o período, moradores da cidade preparam suas casas ou quartos para alugar durante o São João. Os locais podem ser pesquisados em sites. Alguns dos imóveis são cadastrados junto à prefeitura de Campina Grande, para oferecer um procedimento mais seguro.
G1 

Disqus Shortname

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter